Dourados-MS,
 Camara municipal-principal

Após cinco dias da MP do diesel, preço caiu só R$ 0,07 nos postos

Foto - Divulgação

Campo Grande
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Cinco dias após entrar em vigor medida provisória do governo federal que leva desconto de R$ 0,46 por litro do diesel às bombas, preço médio do combustível já está mais barato para o motorista em Campo Grande, porém, chegou em menor proporção que o esperado pelo consumidor. Pesquisa realizada pelo Correio do Estado em 20 estabelecimentos da Capital constatou que a redução, na prática, foi de 7 centavos, considerando os valores comercializados ontem e os preços apurados na sexta-feira (1º), após o encerramento do protesto dos caminhoneiros no País e a publicação da MP pelo governo.

Conforme o levantamento da reportagem, o preço médio do diesel comum está em R$ 3,86, diante de R$ 3,93 na sexta-feira (1º). A retração corresponde a apenas 1,78% e o preço máximo encontrado foi de R$ 4,02, enquanto o mínimo foi R$ 3,56, representando uma variação de 12,92%.

Se comparado com o último levantamento de preços da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), correspondente à semana encerrada em 26 de maio, o óleo diesel comercializado em Campo Grande ainda está 2,39% mais caro. Dez dias atrás – ainda durante a paralisação dos caminhoneiros, quando o consumidor se deparou com disparada de preços, em função do desabastecimento dos postos –, o litro do combustível custava, em média, R$ 3,77 na Capital, conforme os valores cotados pela ANP. 

 

 

Correio do Estado