Dourados-MS,
CMD-DROGAS

Fraca nas ruas, campanha ganha as redes sociais

Conforme a lei, bandeiras não podem ser projetadas na pista de rolamento dos carros - Foto: Gerson Oliveira / Correio do Estado

Campo Grande
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

A campanha partidária começou oficialmente no dia 16 de agosto e, diferentemente de antigamente, agora as propostas dos políticos são mostradas nas redes sociais, como Facebook e Instagram.

Em Campo Grande, as ruas principais, como Avenida Afonso Pena, Rua 14 de Julho e Antônio Maria Coelho, não têm bandeiras nem distribuição de santinhos e muito menos passeatas, carreatas e carros de som anunciando os candidatos – pelo menos até sexta-feira (17).

Até então, o PSDB fez adesivagem de veículos às 17h da sexta-feira (17) na Avenida Ceará com a Mato Grosso.

Com leis mais rígidas com relação à campanha eleitoral, os políticos preferem usar as redes sociais para mostrar as propostas por meio de vídeos, fotos e compartilhando links de entrevistas realizadas. É uma forma mais direta de tentar interagir com a população.

Mas, para se destacar entre os vários candidatos, é preciso ter ideias inovadoras, diferentes e contar com bastante seguidores. Talvez essa tarefa seja árdua para quem está começando agora na política e não tenha o nome conhecido.

 

Correio do Estado