Dourados-MS,
 Camara municipal-principal

PDT - Keliana Fernandes é a nova vice-governadora de Odilon de Oliveira

A Radialista Keliana é a nova vice de Odilon Foto: Divulgação

Campo Grande
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Em reunião ocorrida na tarde desta quarta-feira (1/8) em Campo Grande selou como candidata a vice na chapa do juiz aposentado e candidato ao governo, Odilon de Oliveira (PDT), a radialista Keliana Fernandes (Pros), de Dourados. 

Antes, o PDT havia anunciado o empresário Herbert Assunção para o cargo, porém, após tratativas entre os dois partidos, ocorreu a mudança. 

A princípio, ela disputaria uma vaga na Câmara dos Deputados, mas acabou mudando de ideia após receber o convite. A oficialização da ata do encontro deve ocorrer até a próxima sexta-feira.

Para a radialista, a proposta para encarar o desafio no Executivo fez com que mudasse os planos. 

“A proposta é de ser uma vice de direito e não apenas de gabinete. Essas são as palavras do Odilon e vejo nela a oportunidade de mudar a política”. 

Keliana diz que o momento agora é de sentar com a equipe de campanha e definir estratégias e as propostas de governo. 

Os dois partidos já realizaram as suas convenções, porém, ainda não registraram as candidaturas. 

Em material encaminhado pela assessoria do PDT, o juiz Odilon afirma que a chegada de Keliana fortalece o projeto com mais força na região de Dourados. 

“A aliança nos coloca lado a lado com uma mulher forte e que também busca renovação na política sul-mato-grossense. Nossa candidatura ganha mais brilho com a chegada da Keliana. Temos o mesmo objetivo que é fazer da política um instrumento para transformar a vida das pessoas”, pontuou.

Keliana Fernandes disputou as eleições municipais de Dourados em 2012 e ficou na segunda colocação, perdendo para o ex-prefeito Murilo Zauith (DEM). Na época ela alcançou 33.637 votos.

Já em 2014 tentou uma vaga na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, porém, não conseguiu a eleição, apesar de somar 11.072 votos. Dois anos depois ela entrou na disputa pela Câmara de Dourados e conquistou 959 votos, não conseguindo ficar entre os 19 vereadores do município. 

 

 

 

Dourados News