Dourados-MS,
Câmara_plano_diretor

A Comissão Eleitoral divulgou, no último sábado, dia 08 de junho, às 22h30, os números da Eleição de 2019 para a escolha da nova Reitoria da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul). 

Os candidatos Laércio Alves de Carvalho (Reitor) e Celi Corrêa Neres (Vice-reitora), da Chapa "UEMS Presente", receberam 55,07% dos votos.

Os candidatos Esmael Almeida Machado (Reitor) e Lucélio Ferreira Simião (Vice-reitor), da Chapa "Renovação", receberam 36,17% dos votos.

Já os candidatos Adriana Rochas de Carvalho Frugulli Moreira (Reitora) e Miguel Ângelo Batista dos Santos (Vice-reitor), da Chapa "Inova UEMS", receberam 8,76% dos votos.

A votação foi realizada na última quinta-feira (6), nas 15 Unidades universitárias e nos sete polos de Eduacação a Distância. Segundo a Comissão Eleitoral, 3.792 eleitores, entre professores, técnicos administrativos e alunos, votaram.

Apuração

As urnas foram abertas e conferidas pela mesa apuradora, composta por seis membros. Após a conferência, as cédulas foram separadas em três categorias de eleitores (docentes, técnicos administrativos e discentes) e, na sequência, os votos foram contabilizados. 

Interessados em concorrer ao cargo de conselheiro tutelar em Dourados têm até o dia 24 de junho para se inscrever. As inscrições devem ser feitas na Casa dos Conselhos, na Rua João Rosa Góes, 395, de segunda a sexta-feira, entre 8h e 12h.

A eleição será no dia 6 de outubro e destina-se à escolha de dez membros titulares e dez membros suplentes, sendo cinco titulares e cinco suplentes para o CT Centro e a mesma quantidade para o CT Leste. O mandato é de quatro anos.

O cidadão que desejar candidatar-se à função de conselheiro tutelar deverá ser pessoa de reconhecida idoneidade moral, comprovada por folhas e certidões de antecedentes cíveis e criminais expedidas pela Justiça Estadual e atestado de antecedentes fornecido pela Secretaria de Segurança Pública do Estado e pela Justiça Federal.

Também precisa ter idade superior a 21 anos, residir no município há pelo menos dois anos e ter atuação de no mínimo dois anos em trabalho com crianças e adolescentes.

O processo de escolha dos membros do Conselho Tutelar será realizado em três etapas: inscrição dos candidatos, a partir da análise dos requisitos; prova de conhecimentos e prova dissertativa e, a avaliação médica e psicológica.

A prova de conhecimentos versará sobre a Lei Federal nº 8.069/90 – Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) atualizada pela Lei Federal 12.696/12. A novidade este ano é que a prova de conhecimentos constará, além de 40 questões alternativas, de prova de redação, e será elaborada, aplicada e corrigida pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) 4ª Subseção de Dourados.

Podem votar na escolha dos conselheiros tutelares todos os cidadãos maiores de 16 anos inscritos como eleitores no município de Dourados e que estejam quites com as obrigações eleitorais.

O Conselho Tutelar Centro funciona na Casa dos Conselhos, situada à Rua João Rosa Góes, 395; e o Conselho Tutelar Leste funciona na Rua Cel. Ponciano, 2092.

Atração tradicional dos douradenses, a 42 ª Festa Junina está sendo estruturada pela Prefeitura de Dourados para oportunizar momentos de lazer para toda a família. A partir de sexta-feira (14) até domingo (16), na Praça Antônio João, o evento terá shows regionais, apresentações de quadrilhas juninas, praça de alimentação, a final do Fecad (Festival Estudantil de Canção e Dança de Dourados), concursos, entre outras atividades.

A Secretaria municipal de Cultura estrutura a programação. Já estão confirmadas diversas barracas de alimentação, ambulantes e foods trucks, com garantia de comida típica junina e uma ampla gastronomia (lanches, espetos, pastéis doces, massas e outros) durante os três dias.

Para o dia 14, a Festa contará com a final do Festival Estudantil de Canção e Dança de Dourados, a partir das 20 horas. No dia 15, show com a dupla Paulo e Jean e com Guilherme Consttan. Na data, também tem início as apresentações das quadrilhas juninas, a partir das 20 horas.

Já no dia 16, as apresentações musicais ficarão sob o comando das cantoras Ana Karla e Paolla, a partir das 20 horas, e no mesmo dia, o parque de diversões instalado na praça terá entrada gratuita, entre 13 e 17 horas; também haverá apresentações de quadrilhas juninas, a partir das 17 horas.

A Guarda Municipal e a Polícia Militar atuarão para garantir a segurança do público durante todo o evento. São parceiros da Festa Junina de Dourados a TV MS Record, rádio FM Cidade 101.9 e a Conti Bebidas.

No próximo sábado, 07 de junho, a partir das 19h30, no Teatro Municipal de Dourados, acontecerá o concurso Miss e Mister Diversidade Dourados 2019, o evento retorna repaginado após mais de 10 anos da última edição. O valor da entrada é de R$ 20,00 e a renda será revertida para custear despesas da Parada da Diversidade que acontecerá no dia 29 de junho.

Com o intuito, de enaltecer a beleza LGBT+ da região da Grande Dourados e fortalecer a luta contra o preconceito e a intolerância, o MISS e MISTER Diversidade visa promover a visibilidade da comunidade e inclusão da classe LGBT+ em todas as esferas da sociedade civil, seja por sua beleza, cultura, religião e arte interagindo com todos os públicos.

As categorias disputadas para este ano serão:

· Miss Diversidade Transformista

· Miss Diversidade Transex

· Miss Plus Size Diversidade.

· Mister Diversidade

· Mister Trans Diversidade

Os candidatos vão se apresentar em desfile coletivo e individual por categoria , sendo dois trajes, casual praia e noite de gala. Os ganhadores de cada categoria terão a representatividade garantida na Etapa Estadual que está programado para ser realizado em Setembro de 2019.

Além do desfile haverão apresentações artísticas da Miss Transex Dourados 2009 E Miss Transex MS 2012 Paulinha Martinelly , Miss Gay Dourados 2018 E Miss Gay MS 2018 Vaiolla Milan e também apresentação das bailarinas de Dança do Ventre Jullia Lodi e Adriana Peruzzi do Studio De Dança Jacy Brasileiro.

O concurso a partir deste ano também entrará para o calendário oficial dos eventos LGBT+ da região, essa foi uma das formas encontradas para promover um encontro anual de beleza e empoderamento além de celebrar a diversidade.

Segundo o coordenador do concurso Robson Adriani Dauzacker, "as expectativas são as melhores possíveis de estar dando glamour e beleza e também mostrando a comunidade LGBT+ de Dourados, mostrar que somos uma comunidade politizada, que sabemos nossos direitos e deveres e não queremos nem mais, nem menos, queremos simplesmente respeito, como no lema da nossa parada em 2019, "nem azul, nem rosa, nossa luta sempre foi colorida"".

Mais Artigos...