Dourados-MS,
Camara- (1000x90)

Trabalhadores(as) em assembleia na manhã desta segunda-feira (25), no SIMTED - Foto: SIMTED Dourados

Em assembleia na manhã desta segunda-feira (25), no SIMTED, educadores da Rede Municipal de Ensino de Dourados (MS) deliberaram paralisação para a próxima sexta-feira, dia 29 de junho, por falta de avanços na negociação salarial do magistério e grupo administrativo da educação.

Os trabalhadores solicitam do governo municipal o cumprimento da Lei Municipal do Piso, pela valorização salarial da categoria.

Os educadores realizaram contraproposta com correções do índice do piso do magistério de 2018 (4,13% somados ao reajuste linear de 2,68% de todo o funcionalismo, totalizando 6,81% do piso 2018) e adicional de mesmo percentual (4,13%) para servidores(as) administrativos(as) da educação.

A categoria ainda espera uma previsão oficial de cumprimento do piso de 2017 (7,64%) e valores retroativos para magistério e para o grupo administrativo.

O orçamento municipal da educação aponta para recebimento regular, por parte do município, de recursos específicos para aplicação no ensino público, com saldos positivos tanto em 2017 como neste ano de 2018.

Alguns administrativos da educação possuem os menores salários de toda a administração. Já o magistério, tem o menor salário de cargo de ensino superior comparado a outras categorias.

Paralisação

Magistério e administrativos das escolas municipais e Ceims realizam paralisação nesta sexta-feira (29). Os trabalhadores realizam um ato no CAM (Centro de Administração Municipal).

 

 

Por: Assessoria SIMTED Dourados.

Foto - Divulgação

A Prefeitura de Dourados, por intermédio do Procon (Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor), realizou no dia 21 de junho, pesquisa de preços do gás de cozinha, botijão de 13 kg, para entrega em domicílio. Foram pesquisados 14 estabelecimentos na cidade.

Nesta pesquisa, o menor preço encontrado foi de R$ 70,00 e o maior preço R$ 80,00. A diferença entre o menor preço e o maior é de 14,28%.

Foram encontrados sete estabelecimentos vendendo o gás de cozinha a R$ 75,00 e dois estabelecimentos vendendo a R$ 70,00.

O preço médio do gás de cozinha praticado em Dourados, segundo esta pesquisa, é de R$ 75,35. E em relação ao preço médio encontrado na pesquisa realizada no mês de maio/2018 (R$ 73,78) ocorreu alta de 2,12%.

O preço médio do gás de cozinha segundo a ANP, para o período de 10 a 16 de junho em Campo Grande foi de R$ 77,29; em Coxim foi de R$ 82,50 e em Ponta Porã, R$ 64,50.

Dúvidas ou reclamações, o Procon atende pelos telefones 151 ou 3411-7754.

Veja a pesquisa completa aqui

Foto - Divulgação

A Prefeitura de Dourados, através do Departamento de Vigilância em Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde, divulgou o número da cobertura vacinal no contexto da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza que terminou ontem (22).

 

Até o último dia, a campanha que foi prorrogada duas vezes pelo Ministério da Saúde, atingiu 82,2% do público-alvo, dividido entre os grupos de risco. Das 60.885 pessoas esperadas para tomar a vacina no município, 50.053 receberam a dose. A meta básica, segundo o Ministério da Saúde, é atingir pelo menos 90% do público-alvo.

 

Segundo o Departamento em Vigilância, o grupo que mais preocupa é o de crianças com idade até 5 anos. Com cobertura de 68,9%, este público tem sido, em todo país, motivo de alerta, uma vez que já foram contabilizadas 44 mortes de menores de 5 anos por complicações relacionadas à gripe. O número é mais que o dobro do registrado no mesmo período do ano passado (14 óbitos).

 

Em Dourados, são esperadas 14.896 crianças durante a campanha, mas as doses aplicadas foram 10.268, com cobertura de 68,93%, a menor entre os grupos de risco. Neste caso, o agravante pode ser o fato de que são os pais quem têm que levar os filhos para receber a dose.

 

Os grupos de risco das gestantes e indígenas, atingiram 70 e 71,95, respectivamente. O público total das gestantes são 2.918 pessoas, com 2.058 doses aplicadas. Entre os índios, são esperadas 14.027 pessoas, com 10.098 doses aplicadas até agora.  Com pouco mais de 80%, as puérperas tiveram 387 doses recebidas, de um total de 480.

 

Entre os grupos com cobertura considerada satisfatória, estão os trabalhadores em saúde, com 94,5% (7.134 doses aplicadas de 7.545 esperadas). Idosos e professores ultrapassaram a meta, com 102 e 123%, respectivamente.

 

Entre os idosos, eram esperadas 18.231 e foram vacinadas 18.688 pessoas. Entre os professores, das 2.788 pessoas aguardadas, 3.454 receberam a dose.

 

O Estado ainda não divulgou os números até esta sexta-feira. No país, dados do Ministério da Saúde apontam que 45,8 milhões de um total de 54,4 milhões já receberam a dose.

 

Casos

Em Dourados, apenas 4 casos foram notificados até aqui, com nenhuma confirmação para Influenza. No Estado, foram 580 casos notificados, com 209 positivos e 20 mortes, das quais 11 em Campo Grande.

 

O último boletim do ministério aponta que no Brasil, até 16 de junho, foram registrados 3.122 casos de influenza, com 535 óbitos. Do total, 1.885 casos e 351 óbitos foram por H1N1 e 635 casos e 97 óbitos por H3N2. Foram registrados 278 casos e 31 óbitos por influenza B e 324 de influenza A não subtipado, com 56 óbitos.

Foto - Dourados News

Será lançada hoje (20), às 9h durante ato em frente a agência da Caixa Econômica na Avenida Joaquim Teixeira Alves em Dourados, a campanha salarial de 2018 dos bancários. 

A ação ocorre para dar largada as negociações entre a categoria e os banqueiros, que já estão com as pautas em mãos desde o dia 13 de junho. 

Segundo nota encaminhada pelo Sindicato dos Bancários de Dourados e Região, "trata-se de uma campanha diferenciada, numa conjuntura política totalmente incerta em que teremos que enfrentar os banqueiros e, ao mesmo tempo, o retrocesso na legislação trabalhista".

Os trabalhadores exigem aumentos reais no salários e outro ponto em destaque na pauta é manutenção da Convenção Coletiva de Trabalho, acordo jurídico firmado entre sindicato de banqueiros e bancários [empregadores e empregados] para o estabelecimento de regras nas relações de trabalho.

 

 

Dourados News

Mais Artigos...