Dourados-MS,
 Camara municipal-principal

Deputado federal Luiz Henrique Mandetta do DEM - Foto: Agência Câmara

Em reunião que ocorreu na manhã desta quarta-feira (25), na casa do ex-prefeito de Dourados e presidente regional do DEM, Murilo Zauith (DEM), para definirem aliança com o PSDB, dos cinco integrantes da sigla, quatro fecharam com os tucanos, porém o quinto integrante, deputado federal Luiz Henrique Mandetta não participou da reunião e, por telefone, informou que pretende se candidatar ao Governo pelo partido. “Vamos esperar o Mandetta chegar de Brasília para nos apresentar essa proposta. Ele está pensando nele, e os outros? Será que terão espaço?”, indagou Zauith.

O governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB) estava presente no encontro e reforçou espaço na majoritária, sendo o candidato a vice-governador ou uma vaga ao Senado. Zauith disse que os democratas iriam se reunir novamente apenas para definirem sobre quem seria o vice de Azambuja pelo DEM. “Ontem à noite Mandetta tinha aceitado. Agora vamos esperar, quando ele voltar ele passa essa proposta pro partido. Tem chapa? Dá pra formar chapa na proporcional? Federal e estadual? Ele tem que cuidar dos deputados e discutir isso”, reforçou Zauith.

O presidente regional da sigla já adiantou que está tranquilo porque ainda faltam dez dias para as convenções. “Vamos discutir isso mais pra frente”, disse, ao lembrar que o impasse dos integrantes era em relação ao medo que os deputados federais tinham de não terem espaço no ninho tucano. “Tereza Cristina [deputada federal do DEM] aceitou e se sentiu segura e ontem à noite o Mandetta tinha aceitado [aliança com PSDB]”, declarou Zauith.

O deputado federal Mandetta está em Brasília para reunião com o presidente nacional do DEM, ACM Neto. A deputada federal Tereza Cristina também vai participar da reunião e, de acordo com Zauith, ela saiu mais cedo do encontro para poder chegar a tempo em Brasília.

 

Correio do Estado

Foto - Divulgação

O município de Dourados deverá contar com uma receita corrente de R$ 943,4 milhões para o próximo ano, conforme prevê a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2019, sancionada quarta-feira (18) passada pela prefeita Délia Razuk e publicada na edição desta segunda-feira (23) do Diário Oficial do Município.

Conforme as planilhas do projeto, a receita para o próximo ano representa um crescimento de 3% em relação ao orçamento vigente neste ano, cuja previsão foi fechada em R$ 916 milhões.

Para os próximos dois anos, a Prefeitura de Dourados espera ter ainda uma receita corrente de R$ 971 milhões em 2020, chegando a marca de R$ 1 bilhão em 2021, mantendo essa taxa de crescimento.

A peça orçamentária para o ano que vem será submetida pela Prefeitura de Dourados à apreciação da Câmara de Vereadores até o dia 15 de outubro, com prazo de votação e publicação até 19 de dezembro.

Foto - Divulgação

O frio prometido para esse final de semana chegou em Dourados e fez a temperatura despencar 17ºC em pouco menos de 4h, conforme mostra o Guia Clima da Embrapa Agropecuária do Oeste, no município.

De acordo com os dados repassados, às 13h15 os termômetros marcavam 33,2ºC, máxima desta sexta-feira (20/7) e às 17h, chegou aos 16,2ºC.

Os ventos também chegaram forte na maior cidade do interior sul-mato-grossense.

Conforme a Embrapa, no seu ápice, às 15h47, a velocidade chegou a 46km/h, considerado de categoria ‘muito forte’.

Para o sábado (21/7), conforme o Cptec (Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos), a mínima prevista é de 12ºC, enquanto a máxima não passa de 22ºC. No domingo a temperatura varia entre 13ºC e 28ºC.

Atualmente Dourados está há 37 dias sem chuva e nos próximos dias não há previsão de que isso ocorra. 

Foto - Dourados News

O que parecia estar tudo pronto, com decorações e doces diversos para comemorar o início das férias, acabou se tornando um enorme prejuízo para servidores e alunos do Centro de Educação Infantil Municipal (Ceim) Mario Kumaguai, no Jardim Novo Horizonte em Dourados. 

O fato é que, durante a madrugada, criminosos invadiram o local através do teto e deixaram a unidade educacional destruída. 

Segundo a diretora Cleusa Centurião Zaratini, a princípio foi sentido a falta de uma balança, aparelho de som, luz de led que decoraria a festa caipira, além de doces e alimentos preparados para a comemoração. 

“O que eles não conseguiram levar deixaram destruídos. Entraram na cozinha e acabaram com os docinhos que fizemos para as crianças, além da decoração do painel também”, lamentou Cleusa.

De acordo com a educadora, o prejuízo total, desde o teto até os móveis que ficaram danificados, o prejuízo estimado é de pelo menos R$ 7 mil. 

Ela explicou que nesta madrugada o Ceim ficou sem vigia, isso porque o servidor responsável pelo turno da noite estava em licença médica. “Nós enviamos solicitações para a Guarda Municipal através de e-mail, mas não tivemos retorno. A gente avisou que o Ceim ia ficar sozinho”, afirmou a diretora.

Cleusa contou que há cerca de 15 dias vizinhos alertaram para movimentações de pessoas estranhas ao redor da unidade. Ela contou que diante do alerta, a Guarda foi acionada para realização de rondas. 

“Ontem eles aproveitaram que não tinha ninguém para entrar e vasculhar tudo”, disse.

FESTINHA

A comemoração que estava programada para ser realizada nesta sexta-feira (13) teve de ser cancelada. Uma festa caipira iria marcar o início das férias, mas o vandalismo acabou deixando muita criança em estado de choro. 

“A gente se programou para proporcionar uma festinha. Faz 15 dias que estamos arrecadando produtos, funcionários tirando do próprio bolso para os doces, decorações, as crianças nos viam preparando o painel, estavam animadas também. Hoje quando dispensamos, muitas voltaram para casa em prantos”, lamentou Cleusa.

A diretora contou que agora irá esperar a volta às aulas para reorganizar a programação e deixar a festa para agosto.

Quem tiver interesse em ajudar os servidores a recuperar o prejuízo através de contribuições pode entrar em contato através do 67 99119-7561.

OUTRO LADO

O comandante da Guarda Municipal de Dourados Silvio Reginaldo Peres Costa. Ele disse que não poderia dar nenhum posicionamento quanto à falta de retorno à solicitação do Ceim pois estava em reunião fora da sede da corporação. 

 

 

Dourados News

 

Mais Artigos...