Dourados-MS,
 Camara municipal

Foto - Dourados News

Cumprindo agenda em Dourados na sexta-feira (29/6), o pré-candidato à presidência da República pelo PSDB, Geraldo Alckmin, defende investimento maior em infraestrutura por parte do governo federal a Mato Grosso do Sul para que o Estado possa ser mais competitivo economicamente. 

Ao desembarcar no Aeroporto Francisco de Matos Pereira nessa tarde, ele atendeu jornalistas logo depois de ser recepcionado pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e autoridades políticas. 

“Precisamos de emprego e renda. O Mato Grosso do Sul é um Estado produtor, precisa de infraestrutura  para estimular as empresas que virão para cá. É ferrovia e rodovia”, disse o tucano referindo-se a logística estadual.

Alckmin ainda comentou sobre o recente encontro que participou ao lado de Azambuja e Beto Richa – então governador do Paraná - ainda como chefe do Executivo de São Paulo, no final do ano passado. 

Na ocasião, foi realizado o lançamento da proposta de construção do ramal da Ferroeste entre Dourados e o Porto de Paranaguá (PR), passando pelo Oeste paranaense. 

“Estive em São Paulo (SP) quando o Reinaldo [Azambuja] e o [Beto] Richa lançaram o programa da Ferroeste, ligando Dourados ao Paraná e ontem, coincidentemente estive em Cascavel (PR) e lá estão todos empolgados com essa possibilidade”, finalizou. 

Ferrovia

O projeto da ferrovia que fará a ligação entre o MS e o Porto de Paranaguá (PR) está em fase de estudo de engenharia. Até o momento, quatro consórcios estão elaborando o projeto. 

De acordo com o governo do Paraná, a intenção da nova ferrovia reduzirá custos logísticos e agilizará o transporte da lavoura até o porto. 

Atualmente, apenas 20% da mercadoria que chega ao Porto de Paranaguá é transportada por via-férrea. 

Cronograma

Na primeira fase, as empresas autorizadas vão elaborar os estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental da ferrovia. A partir da conclusão destes trabalhos, com prazo estimado em 270 dias, o governo abrirá processo licitatório para construção e concessão da linha.

A obra está dividida em dois trechos. O primeiro tem 400 quilômetros e liga o Litoral do Paraná a Guarapuava (PR). O segundo, com aproximadamente 600 quilômetros, vai de Guarapuava até Dourados, passando por Guaíra (PR), e conta com a implantação de 350 quilômetros de linha nova, além da reabilitação do trecho já existente entre Guarapuava e Cascavel (PR).

O Procedimento de Manifestação de Interesse para a execução do projeto foi lançado no final de novembro, num evento em São Paulo. 

Dezoito empresas compostas em seis consórcios nacionais e internacionais mostraram interesse na elaboração do Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental. O valor aproximado do estudo é de R$ 25 milhões e o custo estimado de construção da ferrovia é de R$ 10 bilhões.

 

Dourados News

Foto - Divulgação

Foi divulgado no Diário Oficial desta sexta-feira (29), o Decreto Nº 1.122, dispondo sobre o ponto facultativo nas repartições públicas municipais no próximo dia 2 de julho, segunda-feira.

A decisão se dá com base no inciso II do Artigo 66, da Lei Orgânica do Município e considera o jogo da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de Futebol de 2018.

Os serviços considerados essenciais funcionarão normalmente na data indicada, sem qualquer pagamento adicional aos servidores lotados, e a Rede Municipal de Ensino funcionará de acordo com o determinado pela Secretaria Municipal de Educação.

A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos também informou que a empresa prestadora de serviços de coleta de lixo iniciará os trabalhos 30 minutos mais cedo e, após a partida, retornará.

Foto - Divulgação

O pré-candidato a presidente do Brasil pelo PSDB, Geraldo Alckmin, participará de eventos em Dourados nesta sexta e no sábado em Campo Grande. Alckmin, que também preside nacionalmente o partido dos tucanos, terá encontros com a militância e se reunirá com empresários do agronegócio, indústria e comércio.

A primeira agenda de compromissos do pré-candidato é no município de Dourados, nesta sexta-feira. Geraldo Alckmin chegará às 15 horas e concede entrevista coletiva no aeroporto. Em seguida segue para a Associação Comercial de Dourados para uma reunião com representantes do setor produtivo da região.

A convite do presidente do PSDB de Mato Grosso do Sul, deputado estadual Beto Pereira, o pré-candidato irá participar, às 19h30, do Fórum MS que Dá Certo da região da Grande Dourados. O evento vai reunir a militância do PSDB, com representantes 32 municípios, e acontece na Câmara Municipal de Dourados.

No sábado, Alckmin participa em Campo Grande de uma reunião com empresários da indústria e do comercio e com produtores rurais. O encontro será na Casa da Indústria, às 08h. O pré-candidato do PSDB a presidência deverá debater temas ligados ao desenvolvimento econômico do Estado, carga tributária e logística.

Ainda em Campo Grande, Geraldo Alckmin concede entrevista coletiva na sede do diretório estadual do PSDB, às 09h30. No mesmo local, às 10h30, será realizado o Fórum MS que Dá Certo da região de Campo Grande com a participação de representantes de 47 municípios.

 

 

Dourados Agora

Trabalhadores(as) em assembleia na manhã desta segunda-feira (25), no SIMTED - Foto: SIMTED Dourados

Em assembleia na manhã desta segunda-feira (25), no SIMTED, educadores da Rede Municipal de Ensino de Dourados (MS) deliberaram paralisação para a próxima sexta-feira, dia 29 de junho, por falta de avanços na negociação salarial do magistério e grupo administrativo da educação.

Os trabalhadores solicitam do governo municipal o cumprimento da Lei Municipal do Piso, pela valorização salarial da categoria.

Os educadores realizaram contraproposta com correções do índice do piso do magistério de 2018 (4,13% somados ao reajuste linear de 2,68% de todo o funcionalismo, totalizando 6,81% do piso 2018) e adicional de mesmo percentual (4,13%) para servidores(as) administrativos(as) da educação.

A categoria ainda espera uma previsão oficial de cumprimento do piso de 2017 (7,64%) e valores retroativos para magistério e para o grupo administrativo.

O orçamento municipal da educação aponta para recebimento regular, por parte do município, de recursos específicos para aplicação no ensino público, com saldos positivos tanto em 2017 como neste ano de 2018.

Alguns administrativos da educação possuem os menores salários de toda a administração. Já o magistério, tem o menor salário de cargo de ensino superior comparado a outras categorias.

Paralisação

Magistério e administrativos das escolas municipais e Ceims realizam paralisação nesta sexta-feira (29). Os trabalhadores realizam um ato no CAM (Centro de Administração Municipal).

 

 

Por: Assessoria SIMTED Dourados.

Mais Artigos...