Dourados-MS,
Câmara_novo

O Poupatempo será inaugurado nesta segunda-feira, dia 15 de julho e oferecerá mais agilidade aos serviços públicos prestados à população. O serviço foi estruturado no prédio do antigo CSU (Centro Social Urbano), situado na rua Salviano Pedroso, no Jardim Água Boa.

O cidadão contará com atendimento de serviços da administração direta e indireta, autarquias, empresas de economia mista, organizações sem fins lucrativos, fundações, empresas públicas ou privadas e agentes bancários em um único local.

O local concentrará serviços da Agehab (Agência Municipal de Habitação), com cadastro de pessoas para participar dos loteamentos sociais e de programas da casa própria em programas federais, além de atendimento com correspondente bancário da Caixa Econômica Federal e serviços da Defensoria Pública Cível, Secretaria Municipal de Fazenda, Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Agetran (Agência de Transporte e Trânsito), Ministério Público do Trabalho, Sanesul (Empresa de Saneamento Básico de Mato Grosso do Sul), Procon, além de atendimento em parceria com a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), que está sendo encaminhado.

Já nesta segunda-feira (15), todos os serviços estarão disponíveis para a população. O horário de funcionamento do Poupatempo será das 07h30 às 13h30.

A Secretaria de Desenvolvimento estima que assim que consolidado, o Poupatempo registrará a média de 3 mil atendimentos por mês.

A Banda Lira Douradense, que estava com as atividades paralisadas, está sendo reativada pela Prefeitura de Dourados, por meio da Secretaria Municipal de Cultura – SEMC.

Em reunião com a prefeita Délia Razuk na quarta-feira (9), o secretário interino de Cultura, Weslei Queiroz, e o maestro Levi, da banda do Exército, receberam a confirmação de que o município vai dar prosseguimento ao trabalho da banda, criada em 1974, por lei municipal.

Incentivadora da arte e cultura, Délia Razuk disse que a prefeitura vai se empenhar para oferecer todo o suporte necessário à reativação da Lira. "O que depender de nós para que a banda volte a se apresentar e levar a arte musical para nossa população, sem dúvida alguma será feito; o que não podemos é deixar uma banda que faz parte da história da nossa cidade continuar parada, sem mostrar a arte musical para todos", disse.

"Gostaria inclusive que vocês reunissem os músicos e preparassem uma bela apresentação já para a programação do Natal Para Todos e do aniversário da cidade", solicitou a prefeita de Dourados.

O secretário de Cultura Weslei Queiroz informou que o município está viabilizando a inauguração da "Casa das Artes", no Parque dos Ipês, para que a banda ofereça aulas de músicas e possa também fazer os seus ensaios. Além de disponibilizar um espaço com condições para a prática da arte musical, o município também irá avaliar as condições dos instrumentos e uniformes que eram utilizados pelo grupo. Se for preciso, novos instrumentos serão adquiridos.

"A Banda Lira Douradense é uma demonstração viva de nossa cultura e isso precisa ser valorizado", ressaltou Weslei Queiroz. Contente e emocionado com a decisão da prefeita Délia, em retomar as atividades da banda, o maestro Levi disse que vão tentar reunir o quanto antes os integrantes da Lira Douradense para que voltem aos ensaios.

A banda é formada por pessoas da sociedade civil que atuam voluntariamente. Considerada em 1979 como de utilidade pública, a banda chegou a ter 23 músicos e 15 alunos inscritos nas aulas de teoria musical, que eram ministradas gratuitamente. A Lira Douradense chegou a ser a campeã nacional, na década de 80, do Concurso de Bandas e Fanfarras na categoria banda musical.

A banda teve suas atividades paralisadas e, em 2010, foi reativada pela então prefeita interina Délia Razuk à época. "Estamos muito contentes com a decisão da prefeita em prosseguir com este projeto, a banda é um incentivo cultural à sociedade, às crianças. Este era um sonho que para nós nunca morreu e que agora a prefeita nos dá a satisfação de que vamos ver novamente a sua realização", afirmou o maestro Levi.

A SEMC abrirá inscrições para a população que tiver interesse em fazer parte da Banda. Informações pelo telefone da Secretaria (67) 3411-7709

O Poupatempo será inaugurado no dia 15 de julho e oferecerá mais agilidade aos serviços públicos prestados à população. A Prefeitura de Dourados, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, estruturou o serviço no prédio do antigo CSU (Centro Social Urbano), situado na rua Salviano Pedroso, no Jardim Água Boa.

O cidadão contará com atendimento de serviços da administração direta e indireta, autarquias, empresas de economia mista, organizações sem fins lucrativos, fundações, empresas públicas ou privadas e agentes bancários em um único local.

A secretária de Desenvolvimento Econômico Rose Ane Vieira cita que o espaço, que foi reformado e readequado, concentrará serviços da Agehab (Agência Municipal de Habitação), com cadastro de pessoas para participar dos loteamentos sociais e de programas da casa própria em programas federais, além de atendimento com correspondente bancário da Caixa Econômica Federal e serviços da Defensoria Pública Cível, Secretaria Municipal de Fazenda, Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Agetran (Agência de Transporte e Trânsito), Ministério Público do Trabalho, Sanesul (Empresa de Saneamento Básico de Mato Grosso do Sul), Procon, além de atendimento em parceria com a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), que está sendo encaminhado.

“O cidadão contará com a prestação de diversos serviços públicos, em um local só, sendo o atendimento individual e direto com maior agilidade e eficiência”, destaca.

Já na segunda-feira (15), todos os serviços estarão disponíveis para a população. O horário de funcionamento do Poupatempo será das 07h30 às 13h30.

A Secretaria de Desenvolvimento estima que assim que consolidado, o Poupatempo registrará a média de 3 mil atendimentos por mês.

A prefeita Délia Razuk direcionou a criação do serviço em Dourados, em um local que passou por diversas modificações, para disponibilizar de uma estrutura eficaz e cômoda aos parceiros e a população. Semelhante ao que acontece em grandes cidades do país, o Poupatempo, por meio das parcerias, facilitará o cotidiano da população e dos empresários.

A comissão eleitoral do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) prorrogou para até esta segunda-feira, dia 08 de julho, o período de inscrições aos interessados em concorrer ao cargo de conselheiro tutelar em Dourados. As inscrições devem ser feitas na Casa dos Conselhos, na rua João Rosa Góes, 395, de segunda a sexta-feira, entre 8 e 12 horas.

Conforme a resolução N° 005/Eleitoral/2019, publicada no Diário Oficial do município nesta quinta-feira (27), o principal motivo é o número reduzido de inscrições realizadas até o dia 24 de junho (segunda-feira passada), prazo anterior para o fim das candidaturas.

A eleição será no dia 6 de outubro e destina-se à escolha de dez membros titulares e dez membros suplentes que atuarão nos Conselhos Tutelares Cento (cinco titulares e cinco suplentes) e Leste (mesma quantidade). O mandato é de quatro anos, com valor pago equivalente ao que recebe um servidor DGA-4.

A jornada de trabalho de conselheiro tutelar é de 40 horas semanais, devendo o mesmo funcionar diariamente de 7h às 17h de segunda à sexta-feira e em regime de plantão 24 horas, conforme definido na Lei Municipal e no Regimento Interno do Conselho Tutelar.

A função de conselheiro tutelar é de dedicação exclusiva, sendo incompatível com o exercício de outra função pública ou privada, ressalvadas as exceções admitidas na Constituição Federal do Brasil. O cidadão que desejar candidatar-se à função de conselheiro tutelar deverá ser pessoa de reconhecida idoneidade moral, comprovada por folhas e certidões de antecedentes cíveis e criminais expedidas pela Justiça Estadual e atestado de antecedentes fornecido pela Secretaria de Segurança Pública do Estado e pela Justiça Federal. Também precisa ter idade superior a 21 anos, residir no município há pelo menos 2 anos.

O processo de escolha dos membros do Conselho Tutelar será realizado em três etapas: inscrição dos candidatos, a partir da análise dos requisitos; prova de conhecimentos e prova dissertativa e, a avaliação médica e psicológica.

A prova de conhecimentos versará sobre a Lei Federal nº 8.069/90 – Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) atualizada pela Lei Federal 12.696/12. A novidade este ano é que a prova de conhecimentos constará, além de 40 questões alternativas, de prova de redação, e será elaborada, aplicada e corrigida pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) 4ª Subseção de Dourados.

Podem votar na escolha dos conselheiros tutelares todos os cidadãos maiores de 16 anos inscritos como eleitores no município de Dourados e que estejam quites com as obrigações eleitorais.

O Conselho Tutelar Centro funciona na Casa dos Conselhos, situada à Rua João Rosa Góes, 395; e o Conselho Tutelar Leste funciona na Rua Cel. Ponciano, 2092.

Mais Artigos...