Dourados-MS,
ALMS_Iris

O diretor técnico da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Dourados, Renato Cesar Nasser, foi designado ao cargo de secretário adjunto na Secretaria Municipal de Saúde. O comunicado foi divulgado na edição do Diário Oficial desta quarta-feira (4/3) e tem validade retroativa ao dia 02/3.

Segundo a secretária de saúde Berenice Machado, a nomeação se dá devido a experiência do servidor nas questões gerenciais da pasta. De acordo com Berenice, Nasser já atuou como secretário de saúde em municípios do interior de São Paulo.

Na UPA, quem assume a função da direção clínica é o médico intensivista Gecimar Teixeira Junior, que estava até então ocupando o cargo adjunto na Saúde municipal.

Berenice ainda afirmou que a decisão foi uma iniciativa do próprio Gecimar, considerando o "fluxo intenso" de atendimentos na unidade. Em fevereiro, ele recebeu remuneração bruta de R$ 9.663,15. A informação consta no Portal da Transparência.

Já Renato Nasser, conforme a Transparência da Funsaud, possuía salário base como diretor técnico de R$ 8.600,00. Esse foi o valor recebido em janeiro. O pagamento de fevereiro ainda não está atualizado na plataforma.

No mês passado o ex-gerente da UPA Adriano Cândido Marques solicitou exoneração por "determinações incompatíveis ao código de ética" da profissão de enfermagem. No pedido, o servidor ainda acusa Nasser de não cumprir a carga horária devida de 20 horas semanais.

"Esse profissional não comparece a unidade para realizar seu papel como diretor e até mesmo para cobrir as lacunas encontradas na escala médica [...] ficando sob minha responsabilidade, muitas vezes, corrigir tais problemas que são ocasionados pela falta de tal profissional no atendimento ao paciente", afirmou Adriano Cândido Marques na época.

Questionada pela reportagem nesta quarta-feira (4/3), Berenice negou que a mudança de cargo tenha sido motivada por essa declaração.

A Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) do Governo de Mato Grosso do Sul contratou a HDO Engenharia e Consultoria Eireli-EPP para projetar trecho do Anel Viário Sul, em Dourados, que passa pelas rodovias BR-376, MS-156, MS-163 e BR-463.

Assinado no dia 18 de fevereiro pelo diretor-presidente da Agência, Luis Roberto Martins de Araújo, e pelo representante da empresa, Halberth Dutra de Oliveira, o contrato de R$ 1.010.433,96 foi tornado público no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (28).

Ele prevê prazo de 180 dias contados a partir da assinatura da ordem de serviço para finalização dos trabalhos, que preveem a “elaboração de projeto executivo de engenharia, com estudo de viabilidade técnico econômica e ambiental (EVTEA), para implantação e pavimentação asfáltica, inclusive obras de arte especiais”.

Em recente divulgação, a imprensa oficial do Estado informou que essa via deve ter mais de 40 quilômetros de extensão. É quase o dobro do tamanho da Perimetral Norte, obra de R$ 36,8 milhões entregue oficialmente no dia 20 de julho de 2012, em solenidade na rotatória da BR-163 que dá acesso à PED (Penitenciária Estadual de Dourados).

Feito pelo Governo do Estado por meio do Programa MS Forte, o anel viário já existente tem 25 quilômetros pavimentados, do entroncamento da BR-463, na saída para os municípios de Laguna Carapã e Ponta Porã, passando pelo entroncamento da MS-162, na saída para o distrito de Itahum, até o entroncamento da MS-156, saída para o município de Itaporã, e a rotatória de acesso à BR-163 na saída para Fátima do Sul.

A quarta-feira de cinzas (26/2) amanheceu nublada e chuvosa. Segundo dados da Embrapa, já foram acumulados 12.5 milímetros de chuva, incrementando os 128.8 milímetros já computados até ontem (25/2) no mês de fevereiro. A média histórica, que dá previsão do índice pluviométrico para o período, é de 151.6 milímetros.

No Cptec (Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, meteorologistas abriram alerta para as próximas 24 horas diante do risco moderado de tempestades com raios, ventania e acúmulo expressivo de chuvas em quase todo Mato Grosso do Sul. Dourados está na área prevista a ser atingida pelo fenômeno.

A previsão do tempo para hoje já apontava chuva durante todo o dia. As temperaturas vão variar entre 23°C e 29°C. Às 9h desta quarta a Embrapa registrava 22,9°C em Dourados. A temperatura mais alta foi registrada logo na virada do dia, à 00h06, quando as temperaturas chegaram a 25,2°C.

Considerando o período de carnaval, a prefeita Délia Razuk decretou ponto facultativo nas repartições públicas municipais de hoje (24) até quarta-feira (26/2). Os serviços considerados essenciais, como saúde, coleta de lixo e segurança funcionarão normalmente.

Conforme a escala do Departamento de Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde, as unidades de Atenção Primária Seleta e Izidro Pedroso funcionarão das 07h às 23h, em regime de plantão, nos dias 24, 25 e 26 de fevereiro, e a unidade Parque das Nações II das 19h às 23h, também nos dias 24, 25 e 26, em regime de plantão.

As demais unidades seguirão o que estabelece o Decreto nº 2.378, de 04 de fevereiro de 2020, que declara ponto facultativo nas repartições públicas municipais na segunda e na terça de carnaval e na quarta-feira de Cinzas.

Com o ponto facultativo, no setor de saúde o atendimento será feito pelo PAM (Pronto Atendimento Médico), hospitais conveniados ao SUS (Hospital da Vida e HU).

Na área de serviços urbanos, a coleta de lixo vai funcionar normalmente, inclusive na terça-feira de carnaval.

Por conta do carnaval e do ponto facultativo, a Rede Municipal de Ensino, que abrange as escolas mantidas pela prefeitura e os Ceims (Centros de Educação Infantil), não funcionam na segunda (24), terça (25) e quarta-feira (26).

Mais Artigos...