Dourados-MS,
Câmara_plano_diretor

Nilson Aparecido dos Santos é o novo presidente da Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados). Candidato pela chapa 1, 'Ação e Transparência', o empresário do ramo de gráfica venceu Romulado Diniz Salgado Junior nas eleições realizadas nesta quarta-feira (29/5), em Dourados. 

Ele comandará a entidade ao lado da nova diretoria entre 2019 e 2022. De acordo com o estatuto, a posse ocorre em no máximo 45 dias após o pleito. 

Foram 193 votos ao grupo de Nilson, contra 161 do outro postulante ao cargo. 

“É uma emoção forte, achava que tinha dado a colaboração, mas houve um chamado para voltar e não posso fugir dessa responsabilidade”, disse ao Dourados News.

Questionado sobre quais as medidas a serem tomadas no início de mandato, ele preferiu aguardar. “Vamos primeiro sentar e reunir a diretoria para vermos o caminho a ser trilhado”, pontuou. 

Nilson Aparecido dos Santos substitui Elizabeth Salomão, que assumiu o cargo em maio de 2016.

A eleição

A movimentação foi tranquila durante todo o dia na sede da Associação Comercial. Pela manhã, o Dourados News visitou o local e constatou que membros das duas chapas montaram uma ‘base’ para acompanhar o pleito. 

A abertura das urnas ocorreu as 8h e os votos se encerraram às 17h. Pouco mais de 30 minutos após o fim do prazo para escolha por parte dos associados, o resultado foi apresentado. 

Chapa 

A Chapa 1 – “Ação e Transparência” tem como candidatos ao Conselho Diretor: Nilson Aparecido dos Santos, Presidente; Amarildo Jonas Ricci, 1º Vice-Presidente; Flávio Donizete Delgado, 2º Vice-Presidente; Everaldo Leite Dias, 1º Secretário; Nelson Eduardo Hoff Brait, 2º Secretário; Paulo Roberto Campione, 1º Tesoureiro; e Fernando Rodrigues da Silva, 2º Tesoureiro.

Para o Conselho Fiscal da Chapa 1, os candidatos são Melchiades Prado, Relator; Moacir Conci, 1º Secretário; Evandro Souza Albertini, 2º Secretário; Giancarlos Teló, Vogal; e Mário Akatsuka, Suplente.

Fotos: Gisele Almeida

Em Dourados, o metro quadrado de área construída em imóveis pode chegar a custar R$ 4.229,53. A informação é resultado de pesquisa realizada por acadêmicos da FACE-UFGD (Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia da Universidade Federal da Grande Dourados).

Segundo o Informativo Imobiliário de Dourados, o metro quadrado mais caro da cidade foi encontrado no Jardim Ouro Verde, região centro/leste da cidade. 

Na análise do preço médio, o bairro com maior valor de mercado é o Parque Alvorada. Lá o custo médio por metro quadrado de área construída é de R$ 2.898,93. Nos terrenos a região também lidera o custo médio com valor de R$ 584,43/m². Esses valores são referentes ao mês de abril.


No primeiro trimestre do ano, o preço médio de área construída na cidade ficou em R$2.381,87. Veja o custo detalhado nas principais regiões durante período:

O objetivo dos acadêmicos é oferecer à sociedade um panorama econômico do setor imobiliário douradense. Por meio da pesquisa, aqueles que pretendem investir nesse mercado podem efetivar um planejamento financeiro mais assertivo, de acordo com a necessidade e proposta de investimento por metro quadrado.

(Vinícius Araújo)

Apoiador de políticas voltadas para a valorização da educação pública e de qualidade, o deputado estadual Renato Câmara (MDB) esteve nesta segunda-feira (27) no campus da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), em Dourados, onde, juntamente com o reitor Fábio Edir dos Santos Costa, fez a entrega de materiais esportivos e instrumentos musicais.

Os novos equipamentos serão utilizados pelas associações atléticas existentes em cursos de graduação da universidade no município. As atléticas são associações independentes criadas por alunos de diversos cursos de graduação, com o objetivo de realizar a integração dos acadêmicos por meio de eventos, como festas e palestras, incentivar a prática de esportes, treinando equipes de alunos para participar de competições, e de promover ações em prol do bem estar social.

Também participaram da entrega dos equipamentos o chefe da Divisão de Cultura, Esporte e Lazer da Pró-reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários (Proec), José Alexandre de Souza Franco, o professor do curso de Enfermagem da Uems, Wilson Brum e a coordenadora-geral do Diretório Central dos Estudantes (DCE), Olga Cristina Andrade.

Os materiais esportivos e os instrumentos musicais são fruto de uma emenda parlamentar destinada por Renato Câmara, solicitada pelo professor Wilson Brum, para melhorias e investimentos na unidade da Uems em Dourados. A emenda possibilitou a compra de kits de uniformes (camiseta, short e meias), coletes, bolas para diversas modalidades esportivas e de equipamentos musicais de percussão, como tamborim, surdo, caixa, chocalho e agogô.

Ao entregar os equipamentos aos alunos da Uems, Renato Câmara relembrou sua trajetória de acadêmico de agronomia no campus da antiga UFMS (hoje UFGD) e da Uems no começo da década 90, período em que iniciou sua participação na política, através do movimento estudantil. Conforme o deputado do MDB, a atuação nos movimentos estudantis é de fundamental importância para a integração entre os alunos, o fortalecimento da universidade e para a formação de uma consciência crítica dos acadêmicos.

“Sou fruto da educação pública e vejo o fortalecimento dos movimentos estudantis como fator importante para a formação de nossos jovens em suas áreas de atuação e também como cidadãos. Atualmente, as atléticas ocupam esse espaço e dão vida a universidade e aos cursos fora da sala de aula. Fico feliz em pode colaborar com a Uems e espero que esses equipamentos sejam bem utilizados e colaborem com a formação social dos acadêmicos”, disse Renato Câmara.

O reitor da Uems também destacou a importância do fortalecimento das atléticas. “A nossa universidade só é forte se ela tem um movimento estudantil forte. Sabemos que a força dos nossos estudantes é representada pelas associações atléticas, pelos centros acadêmicos e pelo Diretório Central dos Estudantes”, afirmou.

O professor Wilson Brum, que ajudou no processo de viabilização do recurso, também agradeceu o investimento. “Estamos muito felizes com essa iniciativa, tenho certeza que esses materiais vão ajudar muito as atividades acadêmicas da Uems”, disse.

A presidente da Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados), Elizabeth Rocha Salomão, convidou o Conselho Consultivo da entidade para reunião nesta segunda-feira (27) com representantes da Chapa 1 – “Ação e Transparência” e Chapa 2 – “Associativismo com Inovação”, para análise do parecer da Comissão Eleitoral que acompanha o processo sucessório da entidade. A associação realiza eleições para escolha dos novos membros do Conselho Diretor, Conselho Fiscal e Conselho Consultivo, nesta quarta-feira (29).

Após análise de pedidos de impugnação e manifestações protocolados dentro do prazo estabelecido em Estatuto, ficou definida em consenso pelos presentes na reunião, a composição das duas chapas.

A Chapa 1 – “Ação e Transparência” tem como candidatos ao Conselho Diretor: Nilson Aparecido dos Santos, Presidente; Amarildo Jonas Ricci, 1º Vice-Presidente; Flávio Donizete Delgado, 2º Vice-Presidente; Everaldo Leite Dias, 1º Secretário; Nelson Eduardo Hoff Brait, 2º Secretário; Paulo Roberto Campione, 1º Tesoureiro; e Fernando Rodrigues da Silva, 2º Tesoureiro.

Para o Conselho Fiscal da Chapa 1, os candidatos são Melchiades Prado, Relator; Moacir Conci, 1º Secretário; Evandro Souza Albertini, 2º Secretário; Giancarlos Teló, Vogal; e Mário Akatsuka, Suplente.

A Chapa 2 – “Associativismo com Inovação” tem como candidatos ao Conselho Diretor: Romualdo Diniz Salgado Junior, Presidente; Jorge Luiz Zenatti Filho, 1º Vice-Presidente; Luciane Fracasso Dierings, 2ª Vice-Presidente; Clarício Salazar Filho, 1º Secretário; Issao Iguma Filho, 2º Secretário; Mario Rubens Ferraz de Paula, 1º Tesoureiro; e Ney Sérgio Recalcatti, 2º Tesoureiro.

Para o Conselho Fiscal da Chapa 2, os candidatos são Edvan Bonetti, Relator; Paulo Roberto Teló, 1º Secretário; Rafael Simczak Treuherz, 2º Secretário; Clarice Zanoni Fontes, Vogal; e Robson Luiz Braga Junior, Suplente.

Conforme previsto em Estatuto, o Conselho Consultivo de ambas as chapas é composto por seus respectivos candidatos a presidente, secretário e tesoureiro do Conselho Diretor, e os seis últimos ex-presidentes da Aced, sendo eles: Elizabeth Rocha Salomão, Antônio Luiz Nogueira, Francisco Eduardo Custódio, Antônio Freire, Inio Roberto Coalho e Arthur Ferreira Pinto Filho.

Para participar das Eleições que acontecem das 8h às 17h na sede da entidade, os filiados à Aced devem ficar atentos aos requisitos presentes no Estatuto para exercer o voto. Está apto a participar todo associado ativo que esteja filiado há pelo menos seis meses à entidade, é preciso ser sócio proprietário da empresa e é permitido somente um representante por CNPJ filiado à associação. É importante comparecer portando um documento oficial com foto.

Os filiados que têm débitos em atraso com a associação, precisam se regularizar para poder exercer o voto. A equipe da entidade está à disposição de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, na sede da instituição (Avenida Joaquim Teixeira Alves, nº 1.480 – Centro). Em caso de dúvidas, entrar em contato através do (67) 3416-8653.

Mais Artigos...