Dourados-MS,
Assembléia - Audiencia Publica

O próximo sábado, 12 de maio, é o Dia de Mobilização Nacional da Campanha contra a Influenza e vacinação está prevista em todo país.

Em Dourados, dez unidades de saúde estarão abertas, no horário das 8h às 17h, exclusivamente para administração da vacina contra Influenza aos grupos de risco.

Os grupos prioritários para vacinação nesta data, de acordo com o calendário do estado de Mato Grosso do Sul, são crianças de seis meses a menores de 5 anos (até 4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes (em qualquer idade gestacional), puérperas (até 45 dias pós parto), trabalhadores da área de Saúde, professores e indivíduos com 60 anos ou mais de idade.

As unidades de saúde que estarão abertas no dia 12 em Dourados são as da Seleta, jardim Santo André, Vila Rosa, Parque do Lago, Parque das Nações I, Parque das Nações II, conjunto Izidro Pedroso, jardim Maracanã, vila Cachoeirinha e do distrito de Itahum.

Durante as semanas subsequentes a vacinação continuará em todas as unidades de saúde, nos períodos matutino e vespertino, até o dia 01 de junho de 2018.

Para os grupos de trabalhadores de Saúde e professores, é necessário apresentar documento que comprove a condição. Os demais grupos prioritários devem comparecer às unidades, munidos de documento de identificação.

 

 

Dourados News

Foto - Divulgação

O Procon de Dourados, por meio do setor de fiscalização, efetuou nesta segunda-feira (7), pesquisa de preço do gás de cozinha (GLP), botijão de 13 kg. Foram pesquisados 14 estabelecimentos na cidade.

O menor preço encontrado no gás de cozinha botijão de 13 kg, com entrega em domicílio, foi de R$ 70,00 e o maior preço foi de R$ 78,00. A diferença entre o menor preço e o maior para entrega em domicílio é de 11,4%.

Foram encontrados sete estabelecimentos praticando o preço de venda do gás de cozinha a R$ 75,00 e quatro estabelecimentos vendendo a R$ 70,00.

O preço médio do gás praticado em Dourados, segundo esta pesquisa, é de R$ 73,78. Em relação ao preço médio do gás encontrado na pesquisa realizada no mês de fevereiro/2018 (R$ 74,17) ocorreu queda de 0,52%.

O preço médio do gás de cozinha segundo a ANP (Agência Nacional de Petróleo) em Campo Grande é de R$ 71,47 e em Ponta Porã é de R$ 70,00.

O telefone do Procon/Dourados para esclarecimento de dúvida ou reclamação é 151 ou 3411-7754.

O secretário municipal de Saúde de Dourados anunciou que, até o final do mês, a Prefeitura deverá repor o estoque de medicamentos e insumos nas Unidades Básicas que atendem pelo SUS (o Sistema Único de Saúde) na cidade e distritos. De acordo com Renato Vidigal, processos de licitação estão em andamento.

A edição desta sexta-feira, dia 04 de maio, do Diário Oficial do Município publica, também, aviso resumido do Pregão Presencial para registro de preços para futura e eventual aquisição de insumos hospitalares, objetivando atender as Unidades Especializadas da Secretaria de Saúde. O certame será realizado no dia 30 deste mês, às 8 horas, na sala de reuniões do Departamento de Licitação da Prefeitura.

Ata de registro de preços para a aquisição de medicamentos e material farmacológico já foi assinada por representantes das empresas fornecedoras desses produtos, após licitação realizada no dia 16 do mês passado e o pregão presencial para a compra de insumos será reaberto quinta-feira (10) que vem. Também estão sendo emitidas ordens de fornecimento para os materiais de uso da rede odontológica, após resultado de processo licitatório específico.

Renato Vidigal admitiu que existem deficiências no setor de abastecimento, mas, informou que alguns contratos de compra de remédios já foram assinados e expedida autorização para entrega à rede pública. Nos próximos dias a URMI (Unidade Reguladora de Medicamentos e Insumos) deve iniciar a distribuição dos produtos para os postos de saúde. “Superados os trâmites burocráticos dos processos de licitação, não vai mais ocorrer falta de medicamentos e material de uso farmacológico e odontológico na rede”, garantiu o secretário.

Foto - Adriano Moretto

O presidente do DEM em Mato Grosso do Sul, Murilo Zauith, disse que a política não se moverá no Estado enquanto o partido não se posicionar na disputa eleitoral. O relato ocorreu em seu discurso, na manhã deste sábado (5/5), durante encontro regional do Democratas realizado na Câmara de Dourados. 

“A política não se move em MS enquanto o DEM não se posicionar. Temos muito tempo para debater e decidir como caminharemos. Se teremos candidato ao Senado, governo (...). Há um mês pensávamos individual, hoje pensamos num projeto”, disse o ex-prefeito de Dourados aos presentes na Casa.

O tempo a qual ele cita é para as convenções que definirão alianças no pleito de outubro, que se encerra no dia 20 de julho. 

"Vamos analisar durante maio, junho e até julho para tomarmos a decisão correta", relatou.

Antes, na chegada à Câmara, Murilo já havia reafirmado a intenção do partido em se posicionar 'nas cabeças' e relatou que apesar das conversas com outros nomes já posicionados como pré-candidatos, ainda não há definição. 

“O DEM será protagonista. Vamos encabeçar chapa majoritária, com candidatura própria ou não (...) estamos conversando com todos os partidos nesse momento, incluindo aqueles com pré-candidatura já lançada”, disse.

Protagonismo

O discurso do protagonismo em 2018, também atinge lideranças da sigla deixando claro a disputa majoritária. 

Pouco antes da fala de Zauith, também durante discurso, o deputado federal Luiz Henrique Mandeta chegou a ‘pedir’ o presidente democrata candidato ao governo. “Queria muito ver o Murilo disputando o governo”.

Apesar da fala do parlamentar, o relato de união com a nova estrutura do DEM foi evidenciado no encontro, desde lideranças locais como o vereador Alan Guedes, presidente municipal do partido, passando pelos deputados estaduais Barbosinha e Zé Teixeira e os federais, Tereza Cristina e Mandeta. 

“Temos um quadro pronto para entrar e disputar a majoritária”, contou Zé Teixeira. 

Ex-prefeito de Angélica, Barbosinha usou como base em seu discurso a força do interior para exemplificar o projeto do DEM. “É o interior unido para que possamos levantar nossa candidatura majoritária”, relatou.

Após o ato em Dourados, o Democratas deve realizar o próximo encontro em Três Lagoas, no final de maio. 

 

 

Dourados News

Mais Artigos...