Dourados-MS,
BANNER 1 - Camra-20-11- (1000X90)

A Prefeitura de Dourados fez uma ação preventiva de poda e limpeza na área central da cidade nesta sexta-feira (15). Outras ações serão feitas pela (Semsur) Secretaria de Serviços Urbanos também neste sábado (16).

Segundo o secretário, Romualdo Salgado, foram feitas podas preventivas de várias árvores com risco de queda, limpeza das ruas e bueiros.

“Por conta das últimas chuvas fortes, o centro ficou alagado. Estamos tentando nos antecipar e minimizar os problemas que podem ocorrer caso a previsão de chuva forte se confirme no fim de semana”, disse o secretário.

Segundo o Climatempo, serviço especializado em meteorologia, neste sábado a previsão é de sol com muitas nuvens e possibilidade de chuva a qualquer momento do dia. Pode chover até 14 milímetros e a chance de chuva é de 90%.

Já no domingo (17), a previsão é bem semelhante, com chance de chuva a qualquer momento do dia. A probabilidade é também de 90% e pode chover até 22 milímetros, segundo o Climatempo.

Levantamento

De acordo com o secretário, Romualdo Salgado, um levantamento feito pelo Imam (Instituto de Meio Ambiente de Dourados) revela que existem pelo menos 500 árvores com risco de queda em toda cidade e, neste primeiro momento, as que oferecem maior perigo na área central foram podadas.

“Depois do centro, vamos dar sequência a esse projeto de poda em toda cidade. Inclusive vamos fazer uma pintura especial nessas árvores em risco para que a população também saiba dos possíveis perigos que elas oferecem em caso de chuvas e ventos fortes”, destacou o secretário.

Depois de uma semana de levantamentos financeiros, muita matemática e horas de reunião com a equipe técnica, o prefeito Alan Guedes decidiu fazer o pagamento de 85% da folha dos servidores municipais referente ao mês de dezembro.

Com a decisão, a prefeitura vai pagar o salário integral de 6.730 servidores que ganham até R$ 4,5 mil líquidos. “Pagar a folha de dezembro era uma responsabilidade da gestão anterior. Mas não podemos analisar o problema apenas do ponto de vista técnico e legal. São nossos servidores que estão sofrendo com a situação, são pessoas e famílias que dependem desse recurso para honrar seus compromissos”, disse Alan Guedes.

Para pagar os 85% da folha atrasada, a Prefeitura de Dourados vai usar R$ 15.098.062,75 de receita gerada no exercício deste ano. A folha de dezembro deveria ter sido paga no início do mês de janeiro, mas a gestão anterior não fez a previsão orçamentária e não deixou dinheiro em caixa para o pagamento, conforme foi anunciado pelo pelo prefeito Alan Guedes, em entrevista coletiva na semana passada.

A estratégia escolhida agora levou em conta o pagamento da maioria dos servidores. O saldo remanescente a pagar, no valor de R$ 8.883.764,38, será quitado em três parcelas ainda dentro do mês de fevereiro. Ficou definido que os valores serão depositados na conta dos servidores nos dias 5, 16 e 26 de fevereiro, totalizando R$ 23.981.827,13. Com o escalonamento do restante a prefeitura também ganha fôlego financeiro para honrar encargos trabalhistas e outras obrigações que somam cerca de R$ 15 milhões e que também são referentes à folha de dezembro.

O dinheiro foi depositado pela Prefeitura de Dourados nesta quinta-feira (14) e liberado no sistema bancário nesta sexta-feira(15).

Na reunião com a equipe técnica, o prefeito Alan Guedes foi enfático ao destacar que o esforço da atual gestão para honrar e priorizar os salários dos servidores municipais vai comprometer o planejamento financeiro anual de 2021. “Esses recursos poderiam ser usados para investimentos, para limpar a cidade, para melhorar a qualidade de vida das pessoas que vivem em Dourados e pagam seus impostos. Mas, o mais importante é corrigir as falhas do passado e seguir em frente”, finalizou Alan Guedes.

Dourados já está preparando toda estrutura de vacinação contra a Covid-19. Depois que os estados receberem as primeiras doses das vacinas, os municípios serão os responsáveis por todo trabalho de imunização e também por seguir o critério dos grupos prioritários.

Nesta quinta-feira (14), o vice-prefeito, Guto Moreira, participou de uma conferência virtual  com o Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello e prefeitos de várias regiões do país. Guto representou o município a pedido do prefeito Alan Guedes, que estava em outra agenda.

Na reunião foi anunciado que a vacinação no Brasil, contra a Covid-19, deve começar no dia 20, próxima quarta-feira, segundo informações de Pazuello.

Para começar a vacinação no dia 20, o ministro destacou que ainda é necessário que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) libere o uso emergencial das vacinas Coronovac e Astrazeneca. A decisão da Anvisa sai no domingo (17).

“De acordo com o ministro, na próxima segunda chegam as 2 milhões de doses da Astrazeneca para os estados e também as 6 milhões de doses da Coronavac”, disse o vice-prefeito ao ressaltar que a previsão total do governo federal é distribuir 8 milhões de doses ainda este mês.

A previsão é que cinco milhões de brasileiros serão vacinados neste primeiro momento, de acordo com a explicação dada pelo ministério.

Desses, dois milhões receberão a primeira dose da vacina da farmacêutica Astrazeneca, produzida pela Fiocruz. Outras três milhões de pessoas receberão duas doses da vacina Coronavac, produzida pelo instituto Butantan. A primeira na semana que vem e a segunda 21 dias depois.

Doses

Guto destacou que o ministro Pazuello apresentou a seguinte previsão de quantas doses de vacina o país terá nos próximos meses. O número é cumulativo, ou seja, a quantidade dos meses anteriores também é contabilizada nos seguintes:

Janeiro: 8 milhões

Fevereiro: 30 milhões

Abril: 80 milhões

Segundo o vice-prefeito, a estimativa do Ministério da Saúde é que durante todo o ano de 2021 sejam distribuídas 354 milhões de doses de vacinas, o que seria suficiente para imunizar toda a população brasileira.

Começa nesta quarta-feira (13) o período de pré-matrícula para os alunos interessados em ingressar nas escolas da Reme (Rede Municipal de Ensino) e Ceim’s (Centros de Educação Infantis) de Dourados.

A Secretaria Municipal de Educação informa que os pais terão duas etapas para providenciar a matrícula digital. Na primeira etapa, o período de cadastro pela internet segue até 21 de janeiro através do portal da prefeitura. A segunda etapa, para quem perdeu a primeira fase, será entre os dias 25 e 29 deste mês.

A secretária de Educação, Ana Paula Benitez Fernandes, disse que preparar o sistema para a matrícula é uma vitória, pois faltavam muitas informações para organizar todo calendário.

O regramento para a matrícula na Reme consta no edital publicado no Diário Oficial do Município nesta terça-feira (12).

Ainda segundo a secretária, as inscrições devem ser feitas apenas pela internet. Em casos específicos ou de problemas é possível procurar também a Central de Matrículas, que fica na rua Coronel Ponciano, 1.700, Jardim dos Jequitibás.

A lista com a designação dos alunos será publicada no dia 24 de janeiro e as matrículas devem ser realizadas entre 25 e 29.

Na sequência, para aqueles que perderam o período inicial de inscrições, a nova lista sai no dia 31, com a confirmação de pais e responsáveis nos dias 1 e 5 de fevereiro.

O calendário escolar prevê que os alunos iniciem as atividades em 8 de fevereiro. No entanto, ainda não se sabe ao certo sobre as aulas presenciais por conta da pandemia do coronavírus.

Link da inscrição aqui

Mais Artigos...