Dourados-MS,
Prefeitura_corona

Promotorias querem barreiras sanitárias no Aeroporto e Rodoviária

Dourados
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O Ministério Público Estadual, por intermédio da 10º, 16º e 17º Promotorias de Justiça de Dourados, expediu na terça-feira (24/3), recomendações em virtude da pandemia da COVID-19.

Desta vez, as ações são dirigidas às Secretarias Municipal e Estadual de Saúde. Os promotores sugerem a instalação de barreiras sanitárias no Aeroporto Regional Francisco de Matos Pereira e no Terminal Rodoviário Renato Lemes Soares, no que diz respeito aos transportes interestaduais.

A intenção é verificar as condições de saúde dos usuários, tais como aferição da temperatura corporal das pessoas vindas de regiões com casos confirmados da Covid-19, para fins de adoção das providências relativas à quarentena.

Os promotores  Etéocles Brito Mendonça Dias Junior, Luiz Gustavo Camacho Terçariol e Ricardo Rotunno explicaram que as barreiras sanitárias implementadas pelo Governo do Estado na segunda-feira, devem ser ampliadas para esses dois pontos em Dourados, evitando que pessoas consideradas suspeitas de portaremo vírus circulem normalmente pela cidade.

"Em caso de descumprimento das recomendações, o Ministério Público Estadual adotará as providências cabíveis na esfera judicial para a efetivação do recomendado, em defesa do direito constitucional da saúde do cidadão", diz material publicado pela assessoria de imprensa do órgão.

Conforme já informado pelo Dourados News, as três companhias aereas que operam no município suspenderam os seus voos comerciais na cidade pelo menos até o final de abril. 

Na rodoviária, não há restrição em relação à embarque e desembarque até o momento.