Dourados-MS,
Camara- (1000x90)

Estado contrata empresa para elaborar projeto do Anel Viário Sul

Dourados
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

A Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) do Governo de Mato Grosso do Sul contratou a HDO Engenharia e Consultoria Eireli-EPP para projetar trecho do Anel Viário Sul, em Dourados, que passa pelas rodovias BR-376, MS-156, MS-163 e BR-463.

Assinado no dia 18 de fevereiro pelo diretor-presidente da Agência, Luis Roberto Martins de Araújo, e pelo representante da empresa, Halberth Dutra de Oliveira, o contrato de R$ 1.010.433,96 foi tornado público no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (28).

Ele prevê prazo de 180 dias contados a partir da assinatura da ordem de serviço para finalização dos trabalhos, que preveem a “elaboração de projeto executivo de engenharia, com estudo de viabilidade técnico econômica e ambiental (EVTEA), para implantação e pavimentação asfáltica, inclusive obras de arte especiais”.

Em recente divulgação, a imprensa oficial do Estado informou que essa via deve ter mais de 40 quilômetros de extensão. É quase o dobro do tamanho da Perimetral Norte, obra de R$ 36,8 milhões entregue oficialmente no dia 20 de julho de 2012, em solenidade na rotatória da BR-163 que dá acesso à PED (Penitenciária Estadual de Dourados).

Feito pelo Governo do Estado por meio do Programa MS Forte, o anel viário já existente tem 25 quilômetros pavimentados, do entroncamento da BR-463, na saída para os municípios de Laguna Carapã e Ponta Porã, passando pelo entroncamento da MS-162, na saída para o distrito de Itahum, até o entroncamento da MS-156, saída para o município de Itaporã, e a rotatória de acesso à BR-163 na saída para Fátima do Sul.