Dourados-MS,
Audiencia_Câmara1

Escola do Sesi de Dourados ganha medalha de ouro em olimpíada internacional de Matemática

Dourados
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Disputando com instituições de ensino públicas e privadas do mundo todo, a Escola do Sesi de Dourados dominou o pódio da edição 2019 da Olimpíada Internacional Matemática Sem Fronteiras, idealizada no Brasil pela Rede de Programa de Olimpíadas do Conhecimento. O resultado foi divulgado nesta semana pelo comitê organizador e as provas, realizadas em conjunto por turmas de alunos, foram aplicadas simultaneamente em diversos países no dia 5 de abril.

Da Escola do Sesi de Dourados, as turmas da 3ª série do Ensino Médio e 4º e 9º anos do Ensino Fundamental levaram a medalha de ouro na etapa estadual, o 5º e 6º anos do Ensino Fundamental ganharam a prata e as 1ª e 2ª séries do Ensino Médio e 7º e 8º anos do Ensino Fundamental a medalha de bronze. Já na etapa nacional cinco turmas levaram a medalha de bronze: a 3ª série do Ensino Médio e os 4º, 5º, 6º e 9º anos do Ensino Fundamental.

Responsável pela organização do evento na Escola do Sesi de Dourados, o professor Adriano Simão destaca que a metodologia da olimpíada vai ao encontro da metodologia inovadora e tecnológica da rede de ensino da instituição. “Pude perceber durante esta avaliação que o empenho das turmas foi impressionante. A Olimpíada vai ao encontro com a metodologia que o Sesi vem buscando trabalhar e isso se refletiu no resultado que alcançamos. E isso mostra realmente que estamos no caminho certo”, avaliou.

A Olimpíada Internacional Matemática Sem Fronteiras é a edição brasileira da Mathématiques Sans Frontières, idealizada na França desde 1989 por diversas instituições de ensino. O evento é realizado simultaneamente em mais de 30 países e conta com a participação de mais de 244 mil alunos dos ensinos Fundamental e Médio e 9.500 classes.

As provas são diferentes das elaboradas para competições tradicionais de Matemática mundo afora, porque as questões não abordam apenas o conteúdo de exatas, mas em exercícios que estimulam a imaginação, racionalização e formalização de situações cotidianas, como inciativa pessoal, organização pessoal.

Por isso, o torneio se apresenta como uma resposta à necessidade de melhorar a abordagem dos alunos para a Matemática e da Lógica e, ainda, outras línguas, porque uma das questões da prova é aplicada em outro idioma – alemão, espanhol, francês, inglês ou italiano. Os alunos do Ensino Fundamental tiveram 50 minutos para fazer a prova, enquanto os do Ensino Médio tiveram 1 hora e meia.

Leia mais no site www.fiems.com.br ou pelo link http://www.fiems.com.br/noticias/escola-do-sesi-de-dourados-ganha-medalha-de-ouro-em-olimpiada-internacional-de-matematica/28918