Dourados-MS,
 Camara municipal-principal

“Dia do Basta” paralisa escolas e retarda abertura de agências em Dourados

As agências bancárias iniciarão o atendimento ao público com 1h de atraso, passando das 10h para as 11h o horário de abertura. - Foto - Divulgação

Dourados
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Entidades sindicais realizam atos nesta sexta-feira (10/8) em Dourados em protesto contra práticas do poder público. Denominado ‘Dia do Basta, a ação ocorre pela manhã na Praça Antônio João e a tarde na Unidade II da UFGD, na Cidade Universitária. 

Às 8h, educadores, bancários e integrantes de movimentos sociais se articulam na região central para ações de panfletagem e diálogo com populares. No período da tarde é previsto ações com trabalhadores das universidades públicas. 

Por conta das manifestações no período matutino, as agências bancárias iniciarão o atendimento ao público com 1h de atraso, passando das 10h para as 11h o horário de abertura.

Dia do Basta

Neste dia os trabalhadores e trabalhadoras realizarão paralisações no local de trabalho, atrasos de turnos, protestos e atos públicos nas ruas e praças públicas de todo o país para exigir um basta à ações do governo e que, segundo movimentos sociais, tem ferido os direitos dos trabalhadores.

“Como resultado dessa política de barbáries imposto pelo governo de Temer e, o apoio da ampla maioria dos deputados e senadores no congresso nacional, estamos vendo; uma econômica brasileira sem perspectiva de crescimento; aumentos exagerados de impostos; flagrantes de corrupção; desmonte dos centros tecnológicos de pesquisa; aprovação de leis que congelam por duas décadas os investimentos em políticas publica (saúde e educação), na educação, o desmonte, na saúde, o aumento no índice da mortalidade infantil e a volta de doenças que já estavam sendo erradicadas no Brasil”, diz trecho de material divulgado pelo Comitê de Defesa Popular de Dourados.

 

Dourados News