Dourados-MS,
BANNER 1 - Camra-20-11- (1000X90)

CCZ alerta sobre os cuidados contra a dengue, com a chegada do Verão

Dourados
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

A Prefeitura de Dourados, por meio do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), alerta mais uma vez a população sobre a importância de manter os cuidados em casa para combater e prevenir a disseminação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya.

Esse trabalho é constante, no entanto, com a chegada do Verão e o aumento das chuvas neste período, é preciso ainda mais atenção para eliminar os focos de água parada e evitar a propagação da dengue.

“Ao contrário do que muita gente pensa, o mosquito deposita os ovos não somente em água limpa, mas em qualquer superfície que possa acumular água parada inclusive, em água suja. Portanto devemos redobrar os cuidados nos quintais. Também é importante receber bem o agente de combates à endemia, pois eles são preparados e treinados com olhar mais críticos para correção de possíveis problemas e para orientar a população”, afirma Luís Carlos Luciano Junior, Coordenador do Centro de Controle de Zoonoses.

Ele ainda ressalta que os agentes sempre estão uniformizados e identificados. “Essa semana estaremos nos seguintes bairros: BNH 1º Plano, Vila Progresso, Jóquei Clube, Vila Arapongas, Campo Dourado, Santo André e Terra Roxa”, enumera Luís.

A população também pode colaborar com denúncias de mato alto, terrenos baldios sujos com restos de construção, por exemplos.

Serviço – Qualquer dúvida liga no CCZ no 3411-7753.

Dicas para evitar a disseminação do mosquito Aedes aegypti:

  1. Não deixar água parada, afim de destruir o local onde  o mosquito nasce e se desenvolve;
  2. Lixeiras dentro e fora de casa sempre tampadas;
  3. Lavar as vasilhas de água dos animais no mínimo 2x por semana;
  4. Manter os pratinhos de vaso de plantas sempre seco e se possível com areia até a borda;
  5. Evitar plantas que acumulam água (bromélias), mas caso tenham em casa, jogar fora água delas 3x por semana;
  6. Evitar acumular entulho, pneus velhos;
  7. Observar nos terrenos e quintais, os objetos que acumulam água (saco plástico, tampinhas, casca de ovo, garrafas pets, dentre outros, mato alto);
  8. Vaso sanitário (principalmente os externos) sempre manter a tampa fechada e com água sanitária;
  9. Baldes e garrafas sempre de cabeça para baixo;
  10. Tampe bem os ralos com telas e manter vedados os externos;
  11. Lajes e calhas sempre limpas, a fim de evitar acúmulo de água parada;
  12. Receber bem o agente de combates à endemia, pois os mesmo são preparados/treinados com olhar mais críticos para correção de possíveis problemas.