Dourados-MS,
Câmara_audiência

Situação do MDB será decidida semana que vem

Deputado estadual Renato Câmara é o preferido dos demais deputados da Assembleia - Foto: AL/MS

Mato Grosso do Sul
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O deputado estadual Renato Câmara (MDB) um dos postulantes para assumir a presidência do partido no Estado, declarou que a situação da sigla só será decidida na próxima semana. 

O parlamentar disse que na semana que vem ele vai acompanhar o que a maioria do partido quer e qual será o encaminhamento dos integrantes. De acordo com o regimento, a eleição será só no fim de 2019.

Sobre a conversa de que as eleições seriam antecipadas, Câmara declarou que, assim como o PSD, em que o secretário municipal Antônio Lacerda renunciou e o senador Nelson Trad assumiu, o deputado disse que essa intenção não existe dentro do partido. “Mas se as eleições ficarem mesmo para o fim de 2019 eu continuo deixando meu nome a disposição para assumir a executiva estadual”, disse Câmara.

Os demais deputados estaduais do MDB, Márcio Fernandes e Eduardo Rocha, defendem a renovação e querem que Câmara seja o novo presidente do partido. "Ele é novo e tem gasolina no pé, vai poder percorrer o Estado todo", disse Rocha, anteriormente.

Câmara chegou a visitar o presidente do partido, ex-governador André Puccinelli, para conversarem sobre o assunto. "Tivemos uma conversa como dois amigos de longa caminhada que somos", 

No dia 25 de fevereiro Puccinelli foi a Câmara Municipal de Campo Grande visitar vereadores do seu partido: Drº Loester e Drº Sami. “A visita é a um grande amigo, pessoa física e não pessoa jurídica, que ele representa”, explicou.

Na ocasião, Puccinelli disse que continua presidente e que não tem nenhum nome favorito para presidir a sigla a partir das eleições que vão ocorrer em dezembro de 2019. "Pode ser Eduardo Rocha (deputado estadual), Simone Tebet (senadora), Renato Câmara (deputado estadual)", disse.

 

Correio do Estado