Dourados-MS,
Audiencia Reforma - Camara

PP pode indicar vice de Azambuja

Ex-prefeito Alcides Bernal do PP disse que aliança com PSDB está avançada - Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado

Mato Grosso do Sul
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O ex-prefeito de Campo Grande Alcides Bernal, do Partido Progressista, declarou que acredita em postulante do PP para vice na candidatura à reeleição do governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB). De acordo com Bernal, conversas com os tucanos para possível aliança estão avançadas. “Reinaldo tem essa vontade de num segundo mandado começar a fazer um mandato mais humanizado que vai atender demandas e eu estou conversando com o PSDB pra ver se realmente tem condições de aliança”, disse o progressista.

Ao ser indagado sobre o cargo que algum progressista assumiria se acontecer a aliança, o ex-prefeito disse que poderá ser um vice-governador e que o partido tem quadro suficiente para isso. “Temos nomes capacitados e preparados de projeção política eleitoral”, reforçou Bernal.

O progressista, que é presidente regional do partido, adiantou também que a sigla já tem nome definido para senado, mas não revelou quem é o postulante ao cargo.

O ex-prefeito estava participando de agenda do governador, durante a manhã desta segunda-feira (11). Na ocasião, Bernal fez uma observação à gestão de Azambuja. “Eu penso que o governo no próximo mandato tem que ter uma visão mais humanista, isso não quer dizer que eu esteja fazendo uma crítica ao governo do Reinaldo mas é algo que precisa, precisa olhar o funcionalismo público de maneira diferenciada, ouvir mais o segmento da segurança pública e o governo que pretende trazer o desenvolvimento ele tem que pensar nas pessoas”, observou Bernal que garantiu já estar conversando com o governador sobre esses assuntos. 

O progressista disse que é candidato a deputado federal pelo partido e que o pedido veio do diretório nacional da sigla. “Eu vou cumprir essa missão e temos que renovar também na Câmara Federal, nós temos nomes e eu vou conversar com Reinaldo, mas isso não quer dizer que tamos fechado”, declarou.

 

Correio do Estado