Dourados-MS,
Outubro_rosa

2° Festival Nacional Paralímpico em Dourados é sucesso em participação de atletas e de público

Esporte
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Dourados sediou no sábado (21), pelo segundo ano consecutivo, o Festival Nacional Paralímpico. Estruturada pela Prefeitura de Dourados, por meio da Secretaria Municipal de Educação, a ação aconteceu no Clube Indaiá e teve ampla participação de atletas e do público em geral. O secretário Upiran Jorge Gonçalves abriu o evento e destacou a importância de atividades que impactam em motivação e inclusão e agradeceu todos os presentes em nome da prefeita Délia Razuk.

Em todo o país, 70 cidades foram selecionadas para sediar o evento. Mato Grosso do Sul contou com a participação de Dourados e Campo Grande.

Conforme Mariza Araújo, do Núcleo de Educação Física da Semed, participaram do evento 156 atletas, entre portadores de algum tipo de deficiência (visual, intelectual e física), bem como sem deficiência; 14 unidades escolares, 68 estagiários e 14 professores de Educação Física.

Para Mariza Araújo, ao participar novamente da ação Dourados se consolida como referência no esporte paralímpico. A primeira vez que Dourados foi sede do Festival Nacional Paralímpico foi em 2018, com realização também no Clube Indaiá.

“Acredito que novamente cumprimos tudo o que o Comitê Paralímpico Brasileiro propôs como metas. Para Dourados, para nossos atletas e para o fortalecimento de ações voltadas para o incentivo do esporte e qualidade de vida para pessoas com deficiência, o 2° Festival foi com certeza um grande marco”, apontou.

Rodízio de atividades de voleibol sentado, rugby sobre rodas e futebol adaptado envolveram os participantes. “Alunos portadores de deficiência e sem deficiência foram integrados na ação. Foi muito importante trabalhar a empatia e a integração. Com certeza, será uma experiência que os participantes levarão para toda a vida”, destacou Mariza Araújo.

A atleta Betânia Ferreira, universitária, falou sobre suas experiências aos participantes e contribuiu com mensagem de incentivo aos presentes. O evento contou ainda com a participação de atletas que contribuem também na Seleção Brasileira, Jhonatan da Silva Ferreira e Paulo Henrique Andrade dos Reis, que integram também a Associação Esportiva Dourados Paralímpico.

Participaram do Festival, as delegações da Associação Esportiva Dourados Paralímpico, Escola Estadual Vereador Moacir Djalma Barros, as escolas municipais Armando Campos Belo, Aurora Pedroso de Camargo, Loide Bonfim Andrade, Neil Fioravanti (Caic), Prefeito Álvaro Brandão, Professora Avani Cargnelutti Fehlauer, Professora Clori Benedetti de Freitas, as escolas indígenas Agustinho, Araporã, Francisco Meireles, Lacui Roque Isnard e a Escola Presbiteriana Erasmo Braga.

Mariza Araújo frisa ainda que sediar novamente o Festival foi possível também devido aos parceiros e pessoas que se envolveram na proposta, como a pró-reitora de Extensão e Ensino da Universidade Federal da Grande Dourados, Josiane Filos de Freitas, e o professor Robson Araújo Ferreira, coordenação do Curso de Educação Física da Anhanguera.

Foram apoiadores do evento: Clube Indaiá, Viação Dourados, Universidade Federal da Grande Dourados, Faculdade Anhanguera e Unigran.

Fotos: Gleiber Nascimento

2° Festival Nacional Paralímpico movimentou Dourados

Semed destaca sucesso do 2° Festival Paralímpico realizado em Dourados