Dourados-MS,
Natal_Todos

Vasco vence, mas Santos avança na Copa do Brasil

Esporte
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Com um fim de jogo cheio de emoção, o Santos se classificou para as oitavas de final da Copa do Brasil. Depois de perder por 2 a 0, na Vila Belmiro, o Vasco chegou a devolver o placar ainda no primeiro tempo, nesta quarta-feira, em São Januário, mas o gol do ex-flamenguista Jorge na etapa final fechou o placar em 2 a 1 e deu a vaga ao Peixe. Os cariocas ainda tiveram um gol de Ricardo Graça anulado aos 47 minutos por impedimento e reclamaram bastante após o jogo. Para Sandro Meira Ricci, comentarista de arbitragem do Grupo Globo, o árbitro Rafael Traci acertou.

O próximo adversário do Santos na Copa do Brasil será definido em sorteio feito pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A data ainda será anunciada pela entidade. 

Confusão nas arquibancadas

Assim que o árbitro encerrou o jogo, torcedores do Vasco entraram em confronto com policiais nas arquibancadas de São Januário. O tumulto, porém, foi contido rapidamente.

Primeiro tempo

O Santos quase acabou com a esperança de classificação do Vasco aos oito minutos, em chute de Jean Mota que acertou a trave. Aos dez, o Cruz-Maltino perdeu o zagueiro Leandro Castán, lesionado, mas chegou ao gol em seguida, aos 12. Em saída errada de Aguilar na defesa, Raul recebeu de Maxi López e abriu o placar. O drama do Vasco com as lesões aumentou aos 24, com a saída do goleiro Fernando Miguel. Raul, aos 31, levou perigo novamente em finalização de fora da área que desviou em Aguilar e passou perto do canto esquerdo de Everson. Os vascaínos chegaram ao segundo gol aos 38. Ricardo Graça, que entrara no lugar de Castán, desviou de cabeça e ampliou.

Segundo tempo

O Santos voltou do intervalo com o atacante Soteldo no lugar do volante Alison. O Peixe ganhou mais força ofensiva e descontou aos oito minutos. Jorge pegou rebote na entrada da área e bateu forte para vencer Alexander – foi o primeiro gol dele pelo clube. Com o Santos segurando a bola por mais tempo na frente, o Vasco não teve a mesma força da etapa inicial para atacar e abriu espaços na defesa. Aos 34, o técnico Jorge Sampaoli foi expulso por reclamação. Quase que simultaneamente, Diego Pituca apareceu sozinho na área e bateu para fora. Aos 47, Ricardo Garça chegou a marcar de cabeça em saída errada de Everson, mas o árbitro anulou corretamente por impedimento. Maxi López, aos 51, perdeu a última chance ao chutar por cima cara a cara após falha de Gustavo Henrique.