Dourados-MS,
Anuncie_aqui

A 18ª rodada do Campeonato Brasileiro será agitada neste sábado (7). As disputas começam logo pela manhã com Corinthians e Vasco em campo e a estreia de Mano Menezes a frente do Palmeiras.

A partir das 10h (de MS), o Corinthians recebe o Ceará em sua arena, em São Paulo. O time paulista é o 3º colocado e pode se aproximar dos líderes com a vitória.

O time titular deve ter novidades e a possibilidade é começar a partida com Cássio; Michel Macedo, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Gabriel, Jadson, Junior Urso, Mateus Vital e Clayson; Vagner Love.

No mesmo horário, o Vasco recebe o Bahia no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro. A partir das 16h, tem Fortaleza x Fluminense, no Castelão, e Avaí x Flamengo, em Brasília. Às 18h, o Internacional recebe o São Paulo no Beira-Rio, em Porto Alegre.

A partir das 20h, o Palmeiras visita o Goiás no estádio Serra Dourada, em Goiânia. A partida marca a estreia de Mano Menezes a frente do time paulista no lugar de Luiz Felipe Scolari.

A tendência é começar o jogo com Fernando Prass; Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Thiago Santos (Ramires), Bruno Henrique e Gustavo Scarpa; Dudu, Zé Rafael e Luis Adriano.

Na partida que marcou o seu retorno para a seleção brasileira, Neymar bem que fez um gol, mas o Brasil terminou o seu amistoso contra a Colômbia, na noite desta sexta-feira  (06) empatado em 2 a 2.

A seleção abriu o placar com gol de Casemiro, de cabeça após cobrança de escanteio de Neymar.Mas aos 25 minutos, o atacante Muriel da Colômbia empatou. Inspirado o jogador ainda fez mais um gol aos 34 minutos.

A seleção terminou o primeiro tempo diante de um panorama delicado, mas logo no comecinho do segundo período, coube a Neymar marcar o lance que deixou tudo igual novamente em campo. O próximo amistoso do Brasil vai ser contra o Peru, na Califórnia na próxima quarta-feira, 11.

Jogando contra o Grêmio, esta noite (04) o Athletico Paranaense fez um bonito jogo e garantiu a sua vaga como primeiro finalista da Copa do Brasil. O time venceu por 2 a 0 com gols de Nikão e Marco Ruben e, nas penalidades, ainda superou o rival em 5 a 4.

Aos 16 minutos do primeiro tempo, Nikão aproveitou o rebote do chute de Bruno Guimarães no travessão e abriu o placar na Arena da Baixada, em Curitiba.

Em seguida aos 3 minutos do segundo tempo, Marco Ruben aproveitou o cruzamento preciso de Rony e ampliou. Como o Tricolor tinha vantagem adquirida no jogo de ida, quando também venceu por 2 a 0 o jogo foi para as penalidades.

Nas cobranças, Bruno Guimarães, Lucho González, Nikão, Marcelo Cirino e Marco Ruben fizeram mais 5 gols para o Athletico. Quanto ao Grêmio, Rafael Galhardo, David Braz, Alisson e Mateus Henrique também marcaram, mas o gol perdido por Pepê custou a derrota do time.

Com um bonito 3 a 0 o Internacional venceu o cruzeiro, esta noite (04) no Beira Rio e garantiu a sua vaga na final da Copa do Brasil de futebol.

Quem abriu o placar foi o atacante Paolo Guerrero aos 39 minutos do primeiro tempo e com gol de cabeça. Inspirado, aos 24 minutos do segundo tempo o jogador ainda recebeu passe de Nico López, matou no peito e finalizou cruzado, no ângulo.

Para fechar com chave de ouro aos 43 minutos de partida, Edenilson ampliou a vantagem do time e garante ao Inter a tão sonhada vaga na final da Copa do Brasil, depois de dez anos.

Resta agora ao clube aguardar para saber quem deve enfrentar pela frente na final. O sorteio dos mandos de campo será feito na CBF nesta quinta-feira (05). As decisões serão nas próximas, quartas-feiras, dias 11 e 18.

A seleção brasileira de futebol enfrenta nesta sexta-feira (6), às 20h30 (MS), a Colômbia, em amistoso, em Miami, nos Estados Unidos. Em entrevista coletiva, o técnico Tite disse que a seleção colombiana foi o adversário que deu mais trabalho ao Brasil nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

“Quando nos enfrentamos nas eliminatórias, foi a seleção [com] que mais embate técnico nós tivemos. Os dois jogos foram muito difíceis, mas com competição física e lealdade técnica. Nós enfrentamos agora uma seleção que continua sólida", afirmou Tite, ao lembrar a vitória por 2 a 1 contra os colombianos em Manaus, e o empate em 1 a 1 em Barranquilla.

Durante a fase eliminatória, a Colômbia era comandada por José Pekerman. No amistoso de amanhã no Hard Rock Stadium, quem dará as ordens ao time será o português Carlos Queiroz, treinador atual da equipe. De acordo com Cléber Xavier, o auxiliar técnico da seleção brasileira, Queiroz “tem experiência e qualidade nos trabalhos que realizou até aqui. Estamos acompanhando a Colômbia desde os amistosos para a Copa América. É uma equipe renovada em termos de idade, que tem jogadores de velocidade e força.”

Na entrevista, Tite falou sobre o estilo de jogo da seleção brasileira, que também tem buscado novas formas de atuar e mudou a sua característica em relação aos dois últimos confrontos. “Hoje nós jogamos com uma composição com quatro homens no meio de campo, e o quarto é o Firmino. É um desenho diferente do que tínhamos. Isso exige tempo até coordenar, acompanhar raciocínio de cada um, rapidez.”

A expectativa é de casa cheia na noite de sexta-feira no Hard Rock Stadium, palco dos jogos do Miami Dolphins, time de futebol dos Estados Unidos.

*Com informações da CBF

Morreu, nesta quarta-feira, dia 04 de setembro, o ex-goleiro argentino Andrada, ídolo do Rosario Central e com passagem marcante no Vasco entre 1969 e 1975. O ex-jogador ficou mundialmente conhecido por ter sofrido o milésimo gol de Pelé, em 19 de novembro de 1969. A causa da morte não foi divulgada. Andrada tinha 80 anos.

Andrada foi destaque do Vasco nas conquistas do Campeonato Carioca de 1970 e do Campeonato Brasileiro de 1974. Dois anos após o título nacional pelo time cruz-maltino defendeu o Vitória da Bahia. Ele atuou por 10 anos no Rosario Central, clube onde se formou e ganhou o apelido de "El Gato" e é o goleiro com mais jogos pelos Canallas: 284 partidas. Chegou a atuar na seleção argentina durante a Copa América de 1963 e foi pré-relacionado para o Mundial de 1966 na Inglaterra, mas acabou cortado devido a uma lesão.

Chegou em 1969 ao Vasco, onde viveu o momento que marcou sua carreira. Com um gol sofrido. No Maracanã lotado, não conseguiu defender o pênalti cobrado por Pelé, que anotaria pela milésima vez.

- Como todo goleiro, eu não queria leva o gol. Menos ainda um que vai sair por todo mundo. Mas o gol veio e em pouco tempo você vai se acostumando e você acaba o adotando como um filho - confidenciou Andrada, em entrevista ao SporTV em 2012..

Andrada também teve seu passado ligado à ditadura argentina. Depois de se aposentar, em 1983, ele contribuiu com o PCI (Pessoal Civil de Inteligência), órgão que reunia civis para agir na espionagem e repressão do governo autoritário na época. Acusado de ter participado da execução de dois militantes políticos, o goleiro negou o fato, ao SporTV, na mesma entrevista de 2012.

As 55 jogadoras representam 16 nacionalidades diferentes. O país recordista em indicações é os Estados Unidos, com 14 atletas; seguido por Inglaterra, Holanda (sete cada) e França (seis). O Lyon, da França, é o clube com mais jogadoras na lista: 13.

A seleção do ano será divulgada no dia 23 de setembro, em Milão, no The Best Football Awards da Fifa, que apontará também a seleção do ano no futebol masculino, melhor jogador do mundo, o vencedor do prêmio Puskás, entre outras premiações.

Confira a lista:

 

Goleiras (5)

  • Sarah Bouhaddi (FRA) - Lyon
  • Christiane Endler (CHI) - Paris Saint-Germain
  • Hedvig Lindahl (SWE) - Chelsea / VfL Wolfsburg
  • Alyssa Naeher (USA) - Chicago Red Stars
  • Sari van Veenendaal (NED) - Arsenal / Atlético de Madrid

Defensoras (20)

  • Millie Bright (ENG) - Chelsea
  • Lucy Bronze (ENG) - Lyon
  • Kadeisha Buchanan (CAN) - Lyon
  • Abby Dahlkemper (USA) - North Carolina Courage
  • Crystal Dunn (USA) - North Carolina Courage
  • Nilla Fischer (SWE) - Linkopings
  • Sara Gama (ITA) - Juventus
  • Alex Greenwood (ENG) - Manchester United / Lyon
  • Steph Houghton (ENG) - Manchester City
  • Ali Krieger (USA) - Orlando Pride
  • Saki Kumagai (JPN) - Lyon
  • Amel Majri (FRA) - Lyon
  • Griedge Mbock (FRA) - Lyon
  • Maren Mjelde (NOR) - Chelsea
  • Kelley O'Hara (USA) - Utah Royals
  • Wendie Renard (FRA) - Lyon
  • Michelle Romero (VEN) - Deportivo La Coruna
  • Camila Saez (CHI) - Rayo Vallecano
  • Becky Sauerbrunn (USA) - Utah Royals
  • Stefanie van der Gragt (NED) - Barcelona

Meio-campistas (15)

  • Andressa Alves (BRA) - Roma
  • Kosovare Asllani (SWE) - CD Tacon
  • Sara Daebritz (GER) - Paris Saint-Germain
  • Julie Ertz (USA) - Chicago Red Stars
  • Formiga (BRA) - Paris Saint-Germain
  • Jackie Groenen (NED) - FFC Frankfurt / Manchester United
  • Amandine Henry (FRA) - Lyon
  • Lindsey Horan (USA) - Portland Thorns
  • Rose Lavelle (USA) - Washington Spirit
  • Carli Lloyd (USA) - Sky Blue
  • Dzsenifer Marozsan (GER) - Lyon
  • Samantha Mewis (USA) - North Carolina Courage
  • Sherida Spitse (NED) - Valerenga
  • Danielle van de Donk (NED) - Arsenal
  • Keira Walsh (ENG) - Manchester City

Atacantes (15)

  • Oriana Altuve (VEN) - Rayo Vallecano
  • Caroline Graham Hansen (NOR) - Barcelona
  • Pernille Harder (DEN) - VfL Wolfsburg
  • Tobin Heath (USA) - Portland Thorns
  • Ada Hegerberg (NOR) - Lyon
  • Jennifer Hermoso (ESP) - Atlético de Madrid / FC Barcelona
  • Sam Kerr (AUS) - Chicago Red Stars
  • Eugenie Le Sommer (FRA) - Lyon
  • Marta (BRA) - Orlando Pride
  • Lieke Martens (NED) - Barcelona
  • Vivianne Miedema (NED) - Arsenal
  • Alex Morgan (USA) - Orlando Pride
  • Nikita Parris (ENG) - Manchester City / Lyon
  • Megan Rapinoe (USA) - Reign FC
  • Ellen White (ENG) - Birmingham City / Manchester City

Mais Artigos...