Dourados-MS,
Natal_Todos

Depois de ficar em desvantagem por 2 gols, o Goiás deu a volta por cima e atingiu o empate no jogo contra o Flamengo, na noite desta quinta-feira (31) no estádio Serra Dourada. O time rubro-negro saiu na frente aos 9 minutos do segundo tempo com gol de Gabigol, no rebote do goleiro.

Em seguida foi a vez de Rodrigo Caio ampliar a vantagem aos 17 minutos. O Goiás reagiu aos 31 minutos, quando Rafael Moura recebeu cruzamento de Michael e desviou para o fundo da rede, na dividida com Marí.

Aos 49 minutos foi a vez do atacante Michael marcar o dele e garantir o empate na partida. O jogo também foi marcado pela expulsão do goleiro César do Flamengo por ter chutado Yago Felipe.O Flamengo se mantém na liderança do campeonato agora com 68 pontos. Já o Goiás é o décimo com 39 pontos.

A Chapecoense venceu o Atlético-MG por 2 a 0 na noite desta quarta-feira (30), no Independência, e se mantém na luta contra a zona de rebaixamento.

 
 

Aos 5 minutos quem abriu o placar para o time foi o atacante Hnerique Almeida. No lance Bruno Pacheco cobrou escanteio da direita, o jogador subiu e mandou de cabeça para o fundo da rede.

Em seguida foi a vez Everaldo ampliar a vantagem aos 4 minutos do segundo tempo. Graças ao resultado, a Chapecoense chegou aos 21 pontos no Brasileirão enquanto o Atlético-MG está com 35 em 14º.

O Vasco bem que saiu na frente, mas acabou perdendo de 3 a 1 para o Grêmio, na noite desta quarta-feira (30) em mais um jogo da 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O colombiano Guarín foi quem abriu o placar para o time aos 8 minutos do primeiro tempo, em cobrança de falta. Depois foi a vez de Pepê do Grêmio, alcançar o empate aos 32 minutos.

No segundo tempo quem marcou foi Everton aos 8 minutos e aos 22 minutos, Luciano cobrou no canto esquerdo do gol. Com a vitória o Grêmio chegou a quinta colocação, com 47 pontos, enquanto o Vasco fica em 11º, com 38.

O Flamengo encara o Goiás no estádio Serra Dourada, em Goiânia, nesta quinta (31) pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Para este confronto o técnico Jorge Jesus vai contar com o zagueiro espanhol Pablo Marí. O jogador cumpriu suspensão na última rodada da competição contra o CSA e volta a ficar à disposição.

Sendo assim, toda a equipe titular estará apta a enfrentar o esmeraldino, que no momento se encontra na 10ª posição da tabela com 38 pontos. Literalmente no meio da classificação, os goianos têm 7 pontos a menos que o último colocado do G6, o Corinthians, com 46 pontos. E 9 a mais que o primeiro da zona de rebaixamento, o Cruzeiro, que soma 29.

Apesar da trajetória razoável, o representante da região centro-oeste tem a pior defesa da competição ao lado da Chapecoense, foram 43 gols sofridos.

Apesar de estar a 3 jogos sem vencer, o Goiás tem a quarta melhor campanha do segundo turno, atrás somente de São Paulo, Palmeiras e Flamengo.

Já a equipe rubro-negra completou 15 jogos de invencibilidade no Brasileirão, com 14 vitórias e 1 empate. Melhor colocado nos dois turnos, os cariocas somam 67 pontos.

O Flamengo também conta com o melhor ataque do campeonato nacional, ao todo são 58. Este total corresponde quase ao dobro marcado pelo próximo adversário, que balançou as redes 30 vezes.

O Flamengo viaja nesta quarta (30), para Goiânia, após treinamento pelo período da manhã.

O CSA venceu o Corinthians, por 2 a 1, nesta quarta-feira (30) sob os olhares da torcida que lotou o estádio Rei Pelé, para acompanhar mais um super embate da rodada do Brasileirão. Com a derrota o Corinthians saiu do G-6 e está com 45 pontos, na sétima colocação do campeonato.

Já o CSA está em 17ª com 29 pontos. O time abriu o placar logo aos 21 minutos de jogo, com gol rasteiro de Apodi no canto direito do gol.

O Timão alcançou o empate ainda no primeiro tempo, com gol de Clayson, mas o CSA provou que estava em um dos seus melhores dias. Aos 34 minutos do segundo tempo, Celsinho cobrou escanteio, e Ricardo Bueno subiu livre para cabecear para o fundo da rede.

No último domingo, dia 27 de outubro, a equipe de esportes da Funed (Fundação de Esporte de Dourados), realizou a última rodada das quarta de finais da 18ª edição do Interdistrital de futebol de campo.

Com o Panambi Veteranos e A.A.V.V (Associação Atlética Vila Vargas) já classificados após superarem as equipes do Esporte Clube São Pedro e o C.A.P (Clube Atlético Panambi) respectivamente, no domingo foram a campo em jogo de volta, as equipes do Esporte Clube Cooperativa e Esporte Clube Nacional no estádio Tácito Pace em Indápolis enquanto no Distrito da Picadinha o Santo Antônio Futebol Clube enfrentou a A.A.V.F (Associação Atlética Vila Formosa).

INDÁPOLIS

Em Indápolis no estádio Tácito Pace em um jogo eletrizante entre a Cooperativa e Nacional de Vila Vargas, a decisão para se saber quem iria para as semifinais foi decidida nas cobranças de penalidades máximas após empate em zero a zero no jogo de ida e um a um no da volta.

Nos noventa minutos, a equipe do Nacional abriu o placar aos 34 minutos do primeiro tempo com um belo gol de cabeça do jogador Cleverson Lucas após cobrança de escanteio.

Precisando pelo menos empatar para levar a decisão para os pênaltis, a equipe da Cooperativa se lançou ao ataque e após diversas oportunidades perdidas e com uma bola no travessão, Reinaldo Júnior com um chute forte de fora da área aos 31 minutos, decretou o empate em um a um, resultado este que levou a decisão para os pênaltis.

Nas cobranças das penalidades máximas o destaque ficou para o goleiro Juliano da Cooperativa que fez três defesas, uma delas quando já estava nas alternativas.

Com o placar final cinco a quatro para a Cooperativa nas cobranças de penalidades máximas, a torcida que é residente em sua maioria na Vila São Pedro invadiu o campo para comemorar a classificação juntamente com a comissão técnica e os jogadores.

O árbitro central do jogo foi de Joneci Bira dos Santos que determinou duas paradas técnicas devido ao forte calor e que foi muito contestado pela comissão técnica e jogadores da Cooperativa, por entender que ele não teria marcado dois pênaltis a favor deles, sendo um no primeiro tempo e um outro no segundo.

A coordenação da partida ficou a cargo de Leonardo Bonatto, integrante da equipe de esportes da autarquia municipal de esportes.

EMPATE SUADO

Já no Distrito da Picadinha, o Santo Antônio Futebol Clube recebeu a equipe da A.A.V.F (Associação Atlética Vila Formosa) precisando vencer o jogo de volta por dois gols de diferencia, após ter sido derrotado no jogo de ida em Vila Formosa, pelo placar de dois a um.

Com arbitragem de Fabiano dos Santos, o Santo Antônio antes de ficar com um jogador a menos, abriu o placar com Márcio Barbosa aos 31 minutos do primeiro tempo.

A equipe do Santo Antônio teve a expulsão do zagueiro Agueno Gomes aos 37 minutos do segundo tempo.

Com este resultado a vaga para as semifinais estava sendo levada para as cobranças de penalidades máximas, porém aos 40 minutos, a Vila Formosa com Wellington Vezu conseguiu o empate que classificou a sua equipe.

No confronto da Picadinha a coordenação do jogo esteve a cargo do profissional em educação física Antônio Carlos Barbosa, o “Kaká”.  

FERIADOS

Em razão do Dia dos Finados no próximo domingo não haverá os jogos pelas semifinais.

Para as 08h30 do dia 10 próximos em jogos de ida, a Funed marcou os seguintes confrontos das semifinais: Em Vila Formosa no seu estádio, o Nilton Raulino, a A.A.V.F (Associação Atlética Vila Formosa) receberá a A.A.V.V (Associação Atlética Vila Vargas) enquanto no estádio Tácito Pace em Indápolis, a Cooperativa estará recebendo o invicto Veteranos do Panambi.

Os jogos de volta devido ao feriado do dia 15 -Proclamação da República- foram marcados para o dia 24 próximo, enquanto a final com a disputa do titulo e do terceiro lugar serão realizados em rodada dupla no estádio da equipe que conquistar a melhor campanha da competição nos pontos somados.

Às 13 horas entrarão em campo as equipes que disputarão o terceiro lugar e às 15 horas a grande final.

Haverá troféus e medalhas para os três primeiros colocados e troféu para o melhor goleiro e artilheiro.

O Corinthians venceu a Ferroviária por 2 a 0 nesta segunda-feira e faturou o título da Copa Libertadores Feminina, em Quito, no Equador. Na reedição da final do Campeonato Brasileiro, o Alvinegro teve sua revanche e superou o rival paulista.

O troféu é o segundo da equipe da capital, após conquista de 2017. A campanha alvinegra contou com cinco vitórias e um empate. No mata-mata, a equipe de Arthur Elias eliminou o Santiago Morning e o América de Cali até chegar à decisão.

Na primeira final brasileira da competição, o Timão foi para cima e tentou fazer o gol a todo momento. Na primeira metade, contou com as melhores chances e até colocou a bola para dentro, mas o gol de Tamires foi anulado de forma errada aos nove minutos.

A pressão surtiu efeito no segundo tempo. Aos 28 minutos, o Corinthians aproveitou o contra-ataque e, após passe de Tamires, Giovanna Clivelari recebeu e bateu cruzado para abrir o placar.

O tento definitivo saiu aos 44 minutos. Em jogada de Juliete e Victoria Albuquerque, as corintianas tabelaram e a lateral bateu cruzado para sacramentar a conquista.

3º colocado

Na decisão do 3º lugar, o América de Cali derrotou o Cerro Porteño por 3 a 1. Robledo balançou duas vezes e Pulgarin completou para as colombianas. As paraguaias descontaram com Aguero.

Mais Artigos...