Dourados-MS,
Natal_Todos

Mais uma missão cumprida com sucesso pela Seleção Brasileira Sub-17. Na noite desta segunda-feira (11), o Brasil venceu a Itália por 2 a 0 e carimbou a vaga rumo às semifinais da Copa do Mundo da categoria.

No Estádio Olímpico de Goiânia, Patryck e João Peglow marcaram os gols da classificação brazuca. 100% na competição, com cinco vitórias em cinco jogos, a Canarinho vai encarar a França na próxima fase. O duelo decisivo será na quinta-feira (14), às 20h (de Brasília), no Bezerrão.

O jogo

Dono absoluto dos primeiros minutos, o Brasil começou a partida em ritmo alucinante, marcando pressão e controlando a posse de bola. A primeira chance veio aos quatro minutos de jogo. Kaio Jorge deu ótimo passe para Pedro Lucas, que soltou o pé para boa defesa do goleiro Molla. Mas logo na sequência, o arqueiro italiano nada pôde fazer contra a finalização certeira de Patryck.

O lateral recebeu lançamento de Pedro Lucas, saiu em velocidade e surpreendeu Molla ao bater direto para o gol, aos cinco: 1 a 0 e festa brasileira em Goiânia. Aos poucos, a Itália equilibrou as ações e tentou responder com Tongya, Pirola e Brentan. Retomando o domínio ofensivo, a Canarinho voltou a pressionar. Talles Costa e Henri esbarraram na defesa adversária. Até que, na marca dos 39, Peglow ampliou para a Seleção Brasileira. Em contra-ataque bem trabalhado, Pedro Lucas encontrou o camisa 10 pela direita, que bateu cruzado e saiu para o abraço: 2 a 0.

Correndo atrás do prejuízo, a Itália teve mais a bola no início do segundo tempo, mas foi o Brasil que assustou primeiro. Aos 11, Yan arriscou o chute de fora da área, Kaio Jorge tentou o desvio, mas Molla fez a defesa. Três minutos depois, a seleção italiana chegou com perigo em cruzamento rasteiro de Ruggeri, que Cudrig não aproveitou. O terceiro da Canarinho quase saiu aos 14.

Gabriel Veron roubou a bola, driblou o marcador e bateu rasteiro para mais uma boa participação do goleiro italiano. A Seleção Brasileira seguiu no ataque e, aos 22, foi a vez de Talles Costa fazer grande jogada individual. O meia apareceu pela direita, invadiu a área e tocou para Pedro Lucas pegar de primeira mandando rente à meta adversária. Na sequência, Molla salvou a Itália de novo após mais uma finalização de Patryck. Já aos 36, Donelli operou um milagre dentro da área para salvar o Brasil depois de chute Gnonto. Confortável no jogo, a Canarinho soube administrar o resultado para sair de campo com mais uma vitória e vaga carimbada para as semifinais.

Brasil: Matheus Donelli; Yan, Henri, Luan Patrick, Patryck; Daniel Cabral, Talles Costa, Pedro Lucas (Sandry); Gabriel Veron (Matheus Araujo), Kaio Jorge e João Peglow (Gustavo Garcia). Técnico: Guilherme Dalla Déa

No jogo que encerrou a 32ª rodada do Campeonato Brasileiro o Botafogo venceu o Avaí por 2 a 0 nesta segunda (11) no estádio Nilton Santos. Com este resultado a equipe carioca deixou a zona do rebaixamento.

O Botafogo abriu o marcador aos 12 minutos graças a um gol contra do zagueiro Ricardo. O meia Cícero levanta na área e o defensor acaba cabeceando, por cobertura, para a meta defendida por Vladimir.

O segundo gol do time carioca saiu apenas aos 42 minutos da etapa final, em cobrança de pênalti de Diego Souza.

Quando a torcida tricolor já se conformava com o empate sem gols em casa, Marcelo Cirino achou um gol para o Furacão e deu números diferentes para o confronto da tarde deste domingo (10) no Morumbi, válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Como resultado, o São Paulo viu sua luta para conquistar o acesso direto para a Libertadores de 2020 ficar mais complicado: o time paulista segue com 52 pontos, na quinta colocação da tabela. Já o Athletico-PR, confirmado no torneio intercontinental após faturar a Copa do Brasil, é o sexto, com 50.

O resultado também não retrata o que se viu em campo. Embora ainda não se mostre objetivo, o ataque são-paulino deu trabalho ao goleiro Santos, do Athletico, que conteve o ímpeto tricolor em praticamente todo o jogo. Os visitantes, porém, também souberam levar perigo a Tiago Volpe, que ia bem até os 45min da etapa final, quando falhou em chute de fora da área.

No sábado (16), o São Paulo desce a baixada para visitar o Santos na Vila Belmiro. No dia seguinte, o Furacão recebe o Botafogo na Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Na mesma – Em um resultado que não pode ser considerado bom para nenhum dos clubes, Curzeiro e Atlético-MG empataram sem gols na tarde deste domingo (10) no Mineirão, em Belo Horizonte. O time Celeste, pior na tabela, chegou a dominar a partida no início do primeiro tempo, enquanto o Galo foi melhor na etapa final.

Em uma partida truncada, o lance que mais agitou a torcida ocorreu aos 32min da etapa final, quando a arbitragem pediu o VAR para conferir se lance na área cruzeirense foi pênalti, incendiando a torcida atleticana. Porém, a ordem do juiz para o jogo seguir acabou festejada pelos torcedores da Raposa. De negativo, um princípio de corre-corre no lado do estádio reservado para os atleticanos e torcedores reclamando de ardência nos olhos por conta do uso de gás para conter o tumulto.

Com o resultado, o Cruzeiro segue na 15ª posição na classificação, com 35 pontos, apenas dois à frente do Botafogo –17º e primeiro na zona de rebaixamento. O Atlético, por sua vez, segue em 11º e vê o sonho de disputar a Libertadores de 2020 ficar mais distante.

Pela 33ª rodada, no próximo fim de semana, o Galo visita o Fluminense no Maracanã no sábado (16). O Cruzeiro joga em casa contra o Avaí na segunda-feira (18).

O Campeonato Brasileiro chega neste fim de semana a 32ª rodada. Hoje (9) são apenas dois jogos: Goiás x Santos e o clássico Palmeiras x Corinthians.

O clássico paulista está marcado para às 18h (de MS) no estádio do Pacaembu, em São Paulo. O Alviverde é o 2º colocado, com 66 pontos, e segue 8 pontos atrás do líder Flamengo.

O possível time titular do Verdão tem Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa; Dudu, Zé Rafael e Deyverson (Luiz Adriano).

Já o Corinthians, que subiu 2 degraus na última rodada, é o 6º colocado, com 48 pontos. O técnico interino Dyego Coelho pode mandar a campo Walter; Michel, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Gabriel, Junior Urso, Pedrinho, Mateus Vital e Janderson; Boselli.

Mais cedo, a partir das 16h, o Santos visita o Goiás no estádio Serra Dourada. O Peixe permanece em 3º lugar, com 61 pontos, e tenta se aproximar do Palmeiras, além de manter a distância para o 4º colocado Grêmio, com 53 pontos.

A rodada vai seguir no domingo com Internacional x Fluminense, Cruzeiro x Atlético Mineiro, São Paulo x Athletico Paranaense, Flamengo x Bahia, Fortaleza x Ceará, Chapecoense x Grêmio e CSA x Vasco. Na segunda-feira tem Botafogo x Avaí.

Confira abaixo a classificação completa após 31 rodadas

1º Flamengo – 74 pontos
2º Palmeiras – 66
3º Santos – 61
4º Grêmio – 53
5º São Paulo – 52
6º Corinthians – 48
7º Athletico-PR – 47
8º Internacional – 46
9º Bahia – 43
10º Goiás – 42
11º Atlético-MG – 39
12º Vasco – 39
13º Ceará – 36
14º Fortaleza – 36
15º Fluminense – 34
16º Cruzeiro – 34
17º Botafogo – 33
18º CSA – 29
19º Chapecoense – 22
20º Avaí – 17

O goleiro Santos, do Athletico-PR, foi convocado neste sábado pelo técnico Tite para o lugar de Ederson, do Manchester City, que está lesionado e acabou sendo cortado da lista de jogadores chamados pelo treinador para defender a seleção brasileira nos amistosos contra a Argentina, na próxima sexta-feira, às 9h30 (MS), em Riad, na Arábia Saudita, e diante da Coreia do Sul, no dia 19, às 9 horas, em Abu Dabi, nos Emirados Árabes.

Esta é a segunda vez que Santos foi chamado pelo treinador para atuar pela equipe nacional. A primeira ocorreu em outubro, quando figurou na lista de atletas escolhidos para os amistosos contra Senegal e Nigéria, ambos em Cingapura, onde os brasileiros acumularam dois empates por 1 a 1 e ampliaram o jejum de vitórias após a conquista do título da Copa América. Antes destes dois duelos na Ásia, o Brasil ficou no 2 a 2 com a Colômbia, em Miami, e foi derrotado por 1 a 0 pelo Peru, em Los Angeles, em dois confrontos nos Estados Unidos.

Com uma lesão muscular na coxa, Ederson foi cortado dos próximos jogos da seleção um dia depois de o técnico Pep Guardiola também ter confirmado o goleiro como desfalque do City no clássico com o Liverpool, marcado para este domingo, fora de casa, pelo Campeonato Inglês.

Ederson lesionou a coxa na última quarta-feira, no empate por 1 a 1 com a Atalanta, na Itália, pela Liga dos Campeões da Europa. Por causa do problema muscular, o brasileiro foi substituído no intervalo da partida pelo chileno Claudio Bravo. Chamado como substituto do atleta do clube de Manchester, Santos vai se juntar a Alisson, do Liverpool, e a Daniel Fuzato, da Roma, como outros dois goleiros convocados para os amistosos contra argentinos e sul-coreanos.

“Em contato com o departamento médico do Manchester City, Rodrigo Lasmar, médico da seleção brasileira, recebeu os exames que confirmaram a lesão e a impossibilidade de recuperação de Ederson em tempo hábil para a participação do período de treinos e jogos preparatórios”, informou a CBF, por meio de nota em seu site oficial, ao explicar o motivo do corte do jogador.
Formado nas categorias de base do Athletico-PR, Santos, de 29 anos, soma 159 jogos pelo time paranaense, com 68 vitórias, 45 empates e 46 derrotas. O camisa 1 vai viajar para se apresentar a Tite logo após defender a sua equipe no duelo com o São Paulo, neste domingo, no Morumbi, pela 32.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
Nesta temporada, Santos se destacou em vários jogos do Athletico, principalmente na campanha vitoriosa da equipe na Copa do Brasil, conquistada com ele sendo decisivo nas finais contra o Internacional e também ao defender pênaltis em disputas derradeiras por vagas nos mata-matas com o Flamengo e com o Grêmio.

Esses dois próximos amistosos do Brasil serão os últimos compromissos da equipe nacional antes do início das Eliminatórias para a Copa do Mundo, que começam em março do ano que vem. Para estes duelos contra argentinos e sul-coreanos, a principal baixa do Brasil será Neymar, que ainda se recupera de uma lesão grau 2 na coxa esquerda, sofrida justamente em um amistoso da seleção, contra a Nigéria. Isso abriu espaço para Tite apostar em nomes como Rodrygo, que vem brilhando com a camisa do Real Madrid, e David Neres, do Ajax, na relação de atacantes convocados.

O Flamengo venceu o Bahia por 3 a 1, neste domingo (10), no Maracanã, pela 32° rodada do Campeonato Brasileiro.

No primeiro tempo o volante Willian Arão, aos 38 minutos, marcou contra para o Bahia. No segundo, veio a virada do Flamengo. Aos 8 minutos, Reinier empatou. Bruno Henrique, aos 26, colocou os cariocas na frente. E Gabigol, aos 42, fechou o placar.

Com este resultado a equipe rubro-negra amplia a vantagem de 8, do início da rodada, para 10, em relação ao Palmeiras, vice-líder do Brasileirão. 

Mesmo com o empate, o tricolor baiano se manteve na nona posição, com 43 pontos conquistados. 

O Flamengo volta a campo nesta quarta-feira (13), contra o Vasco, no Maracanã. O jogo será válido pela 34° rodada, que foi antecipada em função da final da Copa Libertadores da América. 

O clássico inicialmente estava marcado para o dia 23, justamente a data da decisão da competição internacional.

Já o Bahia volta a campo no próximo domingo (17), no Estádio Fonte Nova, em Salvador-BA.

O Grêmio venceu o CSA por 2 a 1 na noite desta quinta-feira (07), na Arena, e garantiu vaga entre os 4 times melhor colocados do Brasileirão. Diego Tardelli foi quem abriu o placar aos 7 minutos do primeiro tempo, depois que Everton recebeu passe de Cortez e abriu e garantiu o dele.

O próximo gol só saiu aos 44 minutos do segundo tempo, quando o CSA empatou com gol de Rafinha. Mas a noite era mesmo do Grêmio que ainda contou com uma ajudinha do time adversário.

Ronaldo Alves do CSA marcou contra de cabeça. O resultado mantém o Grêmio em quarto colocado, somando 53 pontos. Já o CSA está 18º, com 29.

Mais Artigos...