Dourados-MS,
Agosto_lilás

O Fluminense venceu o Peñarol por 3 a 1, esta noite (30) no Maracanã, e se classificou para as quartas de final da Copa Sul-Americana de futebol. E o primeiro gol sai logo no primeiro minuto de jogo.

No lance, Igor Julião cruzou para Marcos Paulo, que cabeceia direto para o fundo das redes. Aos 25 minutos foi a vez de Pedro dominar a bola e encaminhar para Yony González de calcanhar. O jogador, por sua vez não desperdiçou a chance e ampliou o placar.

Para fechar com chave ouro, Marcos Paulo marcou o terceiro gol da partida e para o Fluminense até então aos 2 minutos do segundo tempo. O Peñarol ainda esboçou uma reação aos 24 minutos com gol de falta de Viatri, mas já era tarde demais.

Três clubes brasileiros entram em campo na noite desta quarta-feira (31) em busca de vagas nas quartas de final da Libertadores da América.

Quem tem a situação mais complicada é o Flamengo, que recebe o Emelec-EQU, às 20h30 (de MS), no Maracanã, no Rio de Janeiro. O Rubro-negro foi derrotado no jogo de ida por 2 a 0 e precisa vencer por 3 a 0 para avançar. Vitória pelo mesmo placar leva a disputa para os pênaltis. Caso sofra gol, precisará de uma vitória por três gols de diferença.

Às 18h30, em situação mais confortável, o Internacional recebe o Nacional-URU no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. O Colorado venceu o jogo de ida por 1 a 0, no Parque Central, e joga pelo empate para avançar. Derrota por 1 a 0 gol de diferença leva a disputa para os pênaltis. Qualquer outra derrota classifica o time uruguaio.

Outro representante brasileiro em campo é o Athletico Paranaense, que visitará o Boca Juniors-ARG, às 20h30, na La Bombonera, em Buenos Aires. O Furacão foi derrotado em casa por 1 a 0 e precisa vencer no temido estádio rival para se classificar. Caso vença pelo mesmo placar do jogo de ida, a vaga será decidida nos pênaltis. Qualquer outro placar de vitória classifica o time brasileiro.

Sul-Americana – Hoje também tem Copa Sul-Americana à noite. O Atlético Mineiro recebe o Botafogo, às 20h30, no estádio Independência, em Belo Horizonte. O Galo tem vantagem de ter vencido por 1 a 0 no jogo de ida e pode empatar para classificar. Quem passar do confronto terá nas quartas de final o La Equidad-COL como adversário.

A 12ª rodada praticamente não existiu para CSA e Grêmio. Os times se enfrentaram no Rei Pelé, mas não se inspiraram no nome do estádio e ficaram no zero a zero. O resultado manteve as duas equipes nas mesmas posições em que começaram a partida: o Tricolor em 11º lugar e o Azulão na penúltima colocação.

Como é característico dos estilos dos treinadores, o time de Renato Gaúcho controlou a posse de bola, enquanto que os comandados de Argel Fucks optaram pelos contra-ataques. Porém, exceto por chutes de longe, nenhuma equipe conseguiu criar chances perigosas e mudar o placar do jogo. Os treinadores tentaram mudar o cenário com as promoções de Everton, pelo lado gremista, e Gamarra, pelo azulino. Mudaram até o uniforme. Só não mudaram o placar: 0 a 0.

Primeiro Tempo

Como é característico dos times, o Grêmio iniciou controlando a posse e abusando das trocas de passe, enquanto que o CSA apostava nas saídas rápidas de contra-ataque. O Azulão queimou dois chutes de fora da área nos primeiros minutos. O Tricolor chegou apenas aos 20 minutos, em lançamento de Rômulo desviado de cabeça por Pepê para fora. Aos 24, em ataque parecido, Maranhão tentou o desvio, mas Júlio César estava atento. Aos 27, Carlinhos mandou de canhota por cima da meta gremista. O lance mais perigoso foi um chute de Jonatan Gómez, aos 34, que triscou o ângulo da trave esquerda do gol gremista. A resposta veio aos 36, com assistência de Tardelli e chute fraco de Rômulo. Tardelli tentou, aos 42, mas o chute saiu prensado. No último lance, aos 46, Luan cobrou falta quase sobre a linha da grande área, mas a bola desviou na barreira e saiu em escanteio.

Segundo Tempo

Nilton começou arriscando já aos dois minutos, em uma cobrança de falta que passou perto do gol gremista. Luan, aos cinco, retribuiu o perigo com um chute de fora da área. Aos nove, o garoto Darlan arriscou de canhota, e mandou para fora, com perigo. Aos 22, Pepê recebeu um lançamento perfeito de Darlan, mas perdeu o gol ao tentar cavar a bola e encobrir o goleiro Jordi. No minuto seguinte, Luan tenta um chute displicente e também desperdiça a chance. Aos 33, Tardelli bateu sem ângulo, mas Jordi não arriscou e mandou pra escanteio. Aos 36, Carlinhos cobrou falta na barreira, o Grêmio perdeu a chance de puxar o contra-ataque e Gómez recuperou a bola e mandou para fora. Everton, que entrou no lugar de Galhardo, conseguiu entrar a dribles na área e bateu rasteiro – Da Silva, substituto de Luan, chegou atrasado e não completou para o gol. Outro substituto, Rodolfo Gamarra chutou de trivela de dentro da grande área, mas mandou para fora. No minuto final, o Grêmio colocou a bola na área insistentemente, mas não empurrou para o fundo da rede.

Problema cromático

O jogo atrasou dois minutos pela utilização de uniformes muito parecidos: o CSA entrou em campo com camisas com linhas verticais em azul e branca e o Grêmio com a camisa branca. Renato Gaúcho entrou em campo para alertar o árbitro, que decidiu arriscar e fazer a troca apenas no intervalo. O Azulão voltou do vestiário com uma camisa fazendo jus ao apelido. Assim, apenas Renato Gaúcho e Argel Fucks ficaram com roupas parecidas.

Tira-teima Renato x Argel? Não desta vez
Renato Gaúcho e Argel Fucks se enfrentaram duas vezes como treinadores. Em 2013, o Criciúma de Argel se deu melhor sobre o Grêmio de Renato: 2 a 1 na 27ª rodada do Brasileirão. Em 2016, o Grêmio de Renato venceu o Vitória de Argel: 1 a 0 na 29ª rodada daquele Campeonato Brasileiro. Com este empate, se manteve tudo igual. O tira-teima fica para o returno.

Como fica

O Grêmio para na 11ª posição com 16 pontos. O CSA, com sete, fica na 19ª colocação. Nenhum clube se move na classificação – nem o Tricolor se aproxima do G-4, nem o Azulão deixa o Z-4.

Próximos jogos
No domingo, às 19h, o CSA enfrenta o Vasco no Kléber Andrade, em Cariacica (ES). O Grêmio, na segunda, às 20h, recebe a Chapecoense, na Arena.

Público e renda
Público pagante - 9.911

Público total - 11.918

Renda - R$ 166.035,00

Na chance mais clara de gol da partida, Darlan encontrou Pepê em lançamento longo no segundo tempo. O atacante gremista invadiu a área sozinho e viu o goleiro Jordi sair. Na tentativa de encobri-lo, o garoto enganchou muito forte, e a bola subiu demais.

O Corinthians venceu o Fortaleza de virada, por 3 a 1, neste domingo (28), fora de casa, na Arena Castelão, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Pedrinho foi o destaque da partida com um gol e uma assistência. Boselli e Danilo Avelar também marcaram. Osvaldo descontou com o auxílio de Manoel, que desviou contra as redes corintianas.

O resultado leva o time paulista para a oitava colocação, com 19 pontos, a dois de uma vaga no G-4 (e com um jogo a menos do que as demais equipes). Além disso, mantém Rogério Ceni ainda longe da vitória contra o Corinthians. Em cinco jogos que enfrentou o clube alvinegro na função de treinador, foram três derrotas e dois empates. Já o Fortaleza ocupa o 14º lugar, com 14 pontos.

Carille optou por poupar alguns dos titulares e colocou uma equipe desentrosada em campo. Depois de o Fortaleza dominar as ações no dez minutos iniciais, o Corinthians conseguiu equilibrar o jogo. A equipe, no entanto, sentiu a falta do apoio de Fagner pelo lado direito.

O Fortaleza abriu o placar com o auxílio da zaga corintiana. Osvaldo cabeceou da esquerda para o meio da área, Manoel tentou desviar, mas mandou para as redes. O treinador então decidiu colocar Fagner em campo.nPedrinho cruzou, Boselli cabeceou na trave e pegou a sobra para deixar tudo igual. Dois minutos depois, Vital encontrou Pedrinho na direita. Ele ganhou do marcador e bateu cruzado na saída do goleiro para virar o jogo aos 81 min.

O PSG fixou um preço para liberar Neymar. Sem troca de jogadores. Ao menos é o que diz o jornal catalão "Sport", que em sua capa da edição desta terça-feira diz que o time francês está disposto a negociar o brasileiro por até 180 milhões de euros (cerca de R$ 757 milhões na cotação atual). Com tal preço, o clube ainda espera conversar com o Barcelona para acertar a transferência.

O valor inicial pedido pelo Paris era de 300 milhões de euros (R$ 1,2 bilhão). Diante do pouco avanço nas conversas, o clube francês, segundo o "Sport", cedeu e baixou o preço do brasileiro. O montante sugerido pelo diário espanhol é 42 milhões de euros inferior ao pago pelo próprio PSG para tirá-lo do Barça em 2017, diferença que corresponde a R$ 176 milhões na cotação atual.

Com tal valor fixado, o PSG, de acordo com o "Sport", não pretende envolver Neymar em uma troca de jogadores. No início das conversas, o Barcelona teria feito duas ofertas diferentes para ter o brasileiro.

Numa delas, cederia Philippe Coutinho e Rakitic mais 40 milhões de euros (R$ 168 milhões) pelo camisa 10. Outra oferta envolveu apenas um jogador diferente: Coutinho mais Dembélé e os mesmos 40 milhões de euros. As duas propostas teriam sido recusadas pelo time parisiense.

Nesta segunda, outro jornal catalão, o "Mundo Deportivo", publicou que o atacante brasileiro e seu estafe estão nervosos com a indefinição sobre seu futuro.

Enquanto não coloca um ponto final na novela, Neymar segue na China, onde o PSG realiza pré-temporada. Fora do amistoso desta terça contra o Sydney FC, ele fez, por três dias seguidos, trabalhos físicos e com bola ao lado do zagueiro Kimpembé, que se recupera de cirurgia no abdômen. O próprio brasileiro está em fase final de tratamento de lesão no tornozelo.

Palmeiras e Cruzeiro entram em campo nesta noite (30) pelos jogos de volta da Libertadores da América. Os adversários são os argentinos Godoy Cruze e River Plate, respectivamente.

O Verdão recebe o Godoy Cruz-ARG, às 20h30 (de MS), no Allianz Parque, em São Paulo. O time brasileiro ficou no empate por 2 a 2 no jogo de ida, em Mendoza, e precisa de uma simples vitória para avançar. Qualquer empate leva a disputa para as cobranças de pênaltis. O que pesa contra Verdão é a fase dentro de campo. Já são cinco partidas sem vencer.

O possível time titular para esta terça-feira tem Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Raphael Veiga (Gustavo Scarpa ou Lucas Lima); Dudu, Willian e Borja (Deyverson).

A equipe vencedora deste duelo enfrentará quem passar de Libertad-PAR x Grêmio, que jogam na quinta-feira.

Às 18h15, o Cruzeiro recebe o River Plate no Mineirão, em Belo Horizonte. No primeiro jogo, em Buenos Aires, os dois times terminaram empatados em 0 a 0. A situação do time mineiro é igual a do Palmeiras, basta vencer para avançar de fase. Com qualquer empate a disputa vai para os pênaltis.

O técnico Mano Menezes deve mandar a campo Fábio; Orejuela, Dedé, Léo e Egídio; Henrique e Lucas Romero, Robinho (Ariel Cabral), Thiago Neves e Marquinhos Gabriel; Pedro Rocha.

O vencedor do confronto enfrentará nas quartas de final quem passar de San Lorenzo-ARG x Cerro Porteño.

O Santos venceu o Avaí por 3 a 1 na tarde de ontem, na Vila Belmiro, e é o novo líder do Campeonato Brasileiro. O duelo foi válido pela 12ª rodada.

O Peixe aproveitou o vacilo do Palmeiras, que empatou em casa com o Vasco na rodada, e ultrapassou o rival na tabela de classificação. O time do técnico Jorge Sampaoli agora tem 29 pontos, contra 27 do Alviverde, segundo colocado.

Derlis González, Carlos Sánchez e Felipe Jonatan marcaram os gols do Santos na partida. Os catarinenses descontaram com João Paulo. O Avaí segue na ponta oposta da tabela, em último, com 5 pontos.

Na próxima rodada, o clube do litoral paulista defende a liderança novamente na Vila, onde recebe o Goiás, domingo (4). O Avaí retorna para Santa Catarina a fim de se recuperar diante do Botafogo, também no domingo, na Ressacada.

Flamengo x Botafogo - Após tropeço na Taça Libertadores, pela qual foi derrotado pelo Emelec-EQU na última quarta-feira (24), o Flamengo se reabilitou sobre o Botafogo. Na tarde deste domingo, no Maracanã, o Rubro-Negro saiu atrás, mas virou e venceu o rival por 3 a 2.

Os gols do Fla foram anotados por Gabriel, Gerson e Bruno Henrique, enquanto o Alvinegro carioca marcou com Cícero e Diego Souza.

O time do técnico Jorge Jesus é terceiro colocado do Nacional, com 24 pontos. O Botafogo de Eduardo Barroca caiu para a nona posição, com 16.

O Flamengo agora direciona suas forças para uma virada sobre o Emelec na quarta (31), quando recebe os equatorianos no Maracanã pelas oitavas de final da Libertadores. Pelo Brasileirão, o próximo adversário é o Bahia, domingo, fora de casa.

O Botafogo também precisa reverter desvantagem na quarta-feira, mas pela Copa Sul-Americana, já que foi derrotado em casa pelo Atlético-MG no jogo de ida das oitavas. O duelo será no Independência, em Belo Horizonte. O próximo rival pelo torneio nacional será o Avaí, domingo, em Florianópolis (SC).

Chapecoense x Bahia - Pela manhã, Chapecoense e Bahia empataram sem gols na Arena Condá, também pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Na zona de rebaixamento, com 9 pontos, os catarinenses voltam a campo na próxima segunda-feira (5), fora de casa, diante do Grêmio.

Em 11º, com 16 pontos, o Bahia joga no próximo domingo com o Flamengo, na Arena Fonte Nova.

Mais Artigos...