Dourados-MS,
Parceiros?

O Liverpool-ING precisou, literalmente, dos 90 minutos de jogo para conseguir confirmar sua vaga na final do Mundial de Clubes, título que disputará com o Flamengo no próximo sábado (21), em Doha, no Catar.

Os ingleses derrotaram o Monterrey-MEX por 2 a 1, com o gol da vitória já nos acréscimos marcado pelo atacante brasileiro Roberto Firmino.

O favoritismo europeu parecia claro na prática. Isso porque logo aos 11 minutos Keita recebeu passe de Salah e marcou o primeiro gol do jogo. Mas dois minutos depois, Funes Mori aproveitou rebate do goleiro Alisson para empatar.

A partir daí, o jogo ficou aberto, principalmente com o time mexicano levando perigo ao gol do time inglês.

O técnico Jürgen Klopp havia apostado apenas em três titulares para o início da partida. Com o placar desfavorável, viu a necessidade de apostar nos jogadores mais talentosos. Roberto Firmino, que havia saído do banco de reservas, recebeu cruzamento já no fim do jogo e garantiu a vitória do time inglês.

Liverpool e Flamengo voltam a fazer uma final de Mundial de Clubes. Em 1981, os brasileiros levaram a melhor, no Japão, e venceram por 3 a 0. Os ingleses também enfrentaram outro brasileiro, o São Paulo, em 2005 e perderam por 1 a 0.

A final em Doha está marcada para as 13h30 (de MS) de sábado. Antes, o Monterrey enfrentará o Al-Hilal, da Arábia Saudita, na disputa pelo terceiro lugar.

O Flamengo é o primeiro finalista do Mundial de Clubes da Fifa. O time brasileiro derrotou o Al-Hilal, da Arábia Saudita, por 3 a 1 nesta terça-feira (17) e garantiu vaga na decisão do torneio, em Doha, no Catar.

Mas quem olha somente o placar, engana-se ao acreditar quem foi tarefa fácil. O Rubro-negro saiu atrás no placar. Salem Al-Dawasari abriu o placar para o time árabe logo aos 17 minutos de jogo.

A reação do Rubro-negro começou somente na segunda etapa. Arrascaeta empatou aos 3 minutos. Bruno Henrique virou, aos 32, e Al-Bulayhi, contra, acabou marcando o terceiro gol brasileiro na semifinal. No minuto seguinte, Carrillo foi expulso ao acertar um pontapé em Arrascaeta.

O Flamengo disputará o título do Mundial contra o vencedor de Liverpool-ING x Monterrey-MÉX, que se enfrentam na quarta-feira. A decisão está marcada para sábado. O Rubro-negro busca seu segundo título. O primeiro foi obtido em 1981 justamente contra o Liverpool, favorito no confronto de hoje.

A Terceira Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST) decidiu que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pode promover jogos do Campeonato Brasileiro às 11h. Na decisão, os ministros derrubaram entendimento da Justiça trabalhista do Rio Grande do Norte que proibiu a realização de partidas nesse horário por comprometer a saúde dos atletas nos dias de calor. A decisão foi proferida na semana passada.

Apesar de liberar os jogos das 11h às 13h, o colegiado também entendeu que os jogadores profissionais terão direito ao recebimento de adicional de insalubridade e pausas para hidratação durante os jogos se as temperaturas ultrapassarem os limites definidos em normas regulamentadoras.

O caso começou a tramitar a partir de uma ação do Ministério Público do Trabalho (MPT). Em 2016, o órgão questionou o horário da realização das partidas do ABC e do América-RN  entre o fim da manhã e o início da tarde, válidas pela  Série C do Campeonato Brasileiro.

Segundo o MPT, a CBF precarizou o trabalho dos atletas. Inicialmente, o caso tratava apenas dos times potiguares, mas a questão foi estendida para todo o território nacional e competições da CBF em função da participação da Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (Fenapaf) no processo.

Ao julgar recurso da CBF, o TST entendeu que não há como comparar partidas de 90 minutos, com 15 minutos de intervalo, de atletas de alto rendimento com o trabalho realizado por cortadores de cana, trabalhadores em minas, metalúrgicos ou cozinheiros, cujas funções são exercidas em locais de alta temperatura.

Durante a Copa do Mundo 2014, realizada no Brasil, várias decisões judiciais determinaram que a Fifa realizasse paradas técnicas para hidratação em jogos em que a temperatura fosse igual ou superior a 32ºC.

A seleção brasileira de futebol feminino se despediu com vitória da temporada 2019. Neste domingo (15), na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara (SP), o time comandado pela técnica sueca Pia Sundhage superou outra vez o México, agora por 4 a 0, diante de 5.384 torcedores. Na última quinta-feira (12), a equipe canarinho aplicou 6 a 0 nas mesmas rivais, na Arena Corinthians, em São Paulo.

Para o novo compromisso diante das mexicanas, Pia promoveu quatro mudanças no time titular, com entradas da goleira Luciana, da lateral-direita Isabella, da zagueira Kathleen e da atacante Chú nos lugares de Lelê, Fabi Simões, Bruna Benites e Duda, respectivamente. A técnica, porém, manteve a formação ofensiva da última quinta (12), com duas meias (Luana e Andressinha), duas jogadoras abertas (Chú e Debinha) e duas centroavantes (Cristiane e Bia Zaneratto).

Pressionando a saída de bola e sufocando desde o início o México, o Brasil saiu na frente logo aos 9 minutos, Bia avançou pela esquerda e cruzou na pequena área para Cristiane, que se antecipou a goleira Itzel González e mandou para as redes.

As brasileiras diminuíram o rítmo, mas seguiam no campo de ataque. Aos 26, após falta cometida em Luana próxima à meia-lua, Debinha bateu no ângulo esquerdo e ampliou.

O terceiro saiu aos 40, em contra-ataque puxado por Debinha, que envolveu Bia e Isabella. A lateral cruzou e Cristiane, de cabeça, marcou o segundo dela na noite.

No segundo tempo, Pia aproveitou para mexer na equipe. Saíram Tamires, Debinha, Cristiane, Andressinha, Chú e Isabella para as entradas de Bruna Calderan, Millene, Gabi Zanotti, Aline Milene, Victória Albuquerque e Giovanna, respectivamente.

Com muitas alterações, inclusive do lado mexicano, o ritmo do jogo caiu, com passes errados de ambos os lados. Mesmo assim, deu tempo para o Brasil fechar o placar. Aos 29, Aline Milene escapou da marcação dentro da área e tocou para Victória Albuquerque chutar de bico, no canto de González.

A vitória foi a sexta sob comando de Pia, que ainda não perdeu em oito jogos dirigindo a Seleção. A equipe foi superada duas vezes em disputas de pênaltis, por Chile e China, em torneios amistosos, mas o resultado oficial das partidas foi o empate. Foram 24 gols marcados e só dois sofridos, com 42 jogadoras convocadas e 38 testadas no período.

A Seleção só volta a jogar em 2020, quando disputará a Olimpíada de Tóquio, no Japão. Antes, terá pela frente três datas-Fifa, com dois jogos em cada, como preparação para a competição em solo asiático. Os rivais e locais das partidas ainda não foram anunciados.

A FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) teve representante no fórum da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) que, desde quinta-feira (12), discutiu temas relacionados ao futebol na vertente social.

O Estado foi representado pelo vice-presidente e coordenador de competições da FFMS, Marco Antonio Tavares. No encontro, foram abordados temas como escolaridade, alojamento de menores, sexualidade e profissões além do futebol.

Tavares será o responsável pela implantação do projeto Gol Brasil que trará novos núcleos de escolinhas para Mato Grosso do Sul. Tudo em parceria com a CBF.

A reunião preliminar contou com a presença de vários clubes brasileiros da Série A como Flamengo, Cruzeiro, Palmeiras, Corinthians e Bahia.

O Fórum tem a presença da Secretária Executiva do Ministério da Família e Direitos Humanos Tatiana Alvarenga e do Coordenador Geral de Futebol do Ministério, Alexandre Carvalho.

Tavares também acompanhou o sorteio da 1ª fase da Copa do Brasil que definiu Sampaio Corrêa e ABC como adversários respectivamente de Águia Negra e Aquidauanense.

Em busca do bicampeonato, o Flamengo faz nesta tarde (17) a sua estreia no Campeonato Mundial de Clubes. O Rubro-negro enfrenta o Al-Hilal, da Arábia Saudita, a partir das 13h30 (de MS), em Doha, no Catar.

O time brasileiro e o Liverpool-ING, campeões da Libertadores da América e da Champions League, respectivamente, entram na fase semifinal. Os ingleses disputam vaga na decisão contra o Monterrey-MEX.

O técnico português Jorge Jesus não tem desfalques para hoje e deve mandar a campo Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson e Arrascaeta; Bruno Henrique, Éverton Ribeiro e Gabriel.

Em caso de empate no tempo normal, a disputa continua com mais 30 minutos de prorrogação. Se persistir o empate, os times disputarão a vaga nas cobranças de pênaltis.

A final do Mundial de Clubes está marcada para sábado. O último clube brasileiro a conquistar o torneio foi o Corinthians, em 2012, ao derrotar o Chelsea-ING por 1 a 0 no Japão.

Estão definidos os adversários dos times de Mato Grosso do Sul na primeira fase da Copa do Brasil. O Águia Negra enfrentará o Sampaio Corrêa (MA) e o Aquidauanense terá pela frente o ABC (RN). Os jogos estão previstos para 5 e 12 de fevereiro.

O sorteio dos confrontos foi realizado nesta quinta-feira (12) na sede da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), no Rio de Janeiro.

Conforme o regulamento, os times sul-mato-grossenses jogam a partida única em casa, porém os adversários têm a vantagem do empate.

O ABC foi rebaixado na temporada 2019 para a quarta divisão do Campeonato Brasileiro, enquanto o Sampaio Corrêa conseguiu o acesso para a Série B de 2020, terminando o torneio com o segundo lugar.

Os confrontos de times da primeira divisão do futebol nacional são: Fast Clube (AM) x Goiás, Altos (PI) x Vasco da Gama, Campinense (PB) x Atlético Mineiro, União (MT) x Atlético (GO), Moto Club x Fluminense, Brusque x Sport, Bahia x River (PI), Caxias (RS) x Botafogo, Manaus x Coritiba e Bragantino (PA) x Ceará. O Cruzeiro, recém-rebaixado para a Série B, enfrentará o São Raimundo (RR).

Dos 40 jogos previstos inicialmente, somente cinco clubes sobreviverão e vão se juntar nas oitavas de final a São Paulo, Athletico-PR, Corinthians, Flamengo, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos, RB Bragantino, Fortaleza e Cuiabá.

Mais Artigos...