Dourados-MS,
Audiencia Reforma - Camara

Grêmio sofre com retranca e fica no 0 a 0 com o lanterna Paraná

Grêmio não conseguiu superar a retranca do Paraná neste domingo (FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA)

Futebol
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O Grêmio conquistou seu segundo empate consecutivo neste domingo, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Visitando o Paraná com força total no estádio Durival Britto, em Curitiba, o time do técnico Renato Gaúcho sofreu com a retranca adversária e não conseguiu furar o bloqueio defensivo, tendo de se contentar com o 0 a 0 no placar.

Sem Geromel, liberado para se apresentar à Seleção Brasileira na Granja Comary, o Grêmio não poupou seus principais atletas neste domingo mesmo tendo um duelo importante pela Libertadores na próxima quarta-feira, já que está classificado à próxima fase do torneio continental. Desta vez, a presença dos atletas mais tarimbados, no entanto, não intimidou o Paraná, que ao menos conseguiu conter o ímpeto do melhor time do País na atualidade.

O Paraná, por sua vez, segue sem vencer no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, a equipe comandada pelo campeão olímpico Rogério Micale até tinha a chance de sair da lanterna por conta da derrota do Ceará para o Vitória, porém, não conseguiu recompensar a torcida, que compareceu em ótimo clube na Vila Capanema, com um resultado positivo.

O Grêmio volta a entrar em ação no próximo domingo, quando visita o Ceará, às 19h (de Brasília), no Castelão, em Fortaleza. Já o Paraná tentará correr atrás do prejuízo no clássico com o Atlético-PR, também no domingo, às 11h (de Brasília), novamente em casa.

O jogo – A partida começou bastante agitada no Durival Britto. Logo aos seis minutos, Silvinho deu seu cartão de visitas ao Grêmio, levando para o meio e arriscando de fora de área. O chute, no entanto, saiu forte de mais, e a bola acabou saindo por cima do gol. Como resposta, o Grêmio desceu bem com Cortez pela esquerda. O lateral fez cruzamento venenoso para a área, e o goleiro do Paraná teve de acompanhar a bola para se certificar que ela não iria surpreendê-lo indo para o gol.

Contando com força máxima, o Grêmio manteve a posse de bola durante boa parte do primeiro tempo e não foi muito ameaçado pelos donos da casa. Ainda assim, o time comandado pelo técnico Renato Gaúcho não conseguiu ser efetivo e ir para o intervalo com a vantagem no placar diante do lanterna do Campeonato Brasileiro. Sem muita inspiração, nomes como Luan, Maicon e André tinham de tirar um coelho da cartola para vencer a retranca adversária.

Sem espaços para infiltrar, coube ao Grêmio apostar suas fichas nas bolas aéreas antes do fim do primeiro tempo. Depois de algumas tentativas de Cortez e Léo Moura, Ramiro decidiu levantar na área, encontrando André. O atacante tricolor, no entanto, cabeceou por cima do gol, tendo de ir para o vestiário com o 0 a 0 no placar.

A conversa do técnico Renato Gaúcho com o elenco pareceu ter surtido efeito. No segundo tempo, o Grêmio voltou com uma postura diferente e, inclusive, conseguiu balançar as redes aos cinco minutos, mas o gol foi anulado. Ramiro lançou para André dentro da área, como na última jogada de perigo da etapa inicial, e desta vez o atacante mandou para dentro, em vão, já que estava à frente da linha da defesa.

Em desvantagem, o Paraná voltou a ameaçar os gremistas novamente com Silvinho. O jogador mais afiado do time da casa primeiro tentou um chute de fora da área, que saiu mascado e não ofereceu qualquer problema para o goleiro Marcelo Grohe. Depois, o atacante puxou contra-ataque pela esquerda e tocou na medida para Caio Henrique, que dominou na entrada da área e bateu forte, por cima do gol.

Nos minutos finais, o Grêmio ainda teve novas investidas com as bolas na área saindo do pé de Ramiro. O volante lançou para Lima e Cícero, porém, em ambas oportunidades o Tricolor não teve muita sorte. Na primeira, os comandados de Renato Gaúcho viram o goleiro Thiago Rodrigues se esticar todo e fazer grande defesa. Na segunda, Cícero se jogou na bola e tirou tinta da trave rival. Assim, coube ao atual campeão da Libertadores se contentar com um mísero ponto contra o lanterna do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 0 X 0 GRÊMIO

Local: Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)
Data: 20 de maio de 2018, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Luciano Benevides de Sousa (DF)

Cartões amarelos: Jhonny Lucas e Carlos (Paraná); Pepê (Grêmio)

PARANÁ: Thiago Rodrigues; Júnior (Alemão), Neris, Cleber Reis e Mansur; Leandro Vilela (Léo Itaperuna), Jhonny Lucas, González e Caio Henrique (Alex Santana); Silvinho e Carlos.
Técnico: Rogério Micale

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura (Lima), Bressan, Kannemann e Cortez; Maicon, Jailson (Cícero), Ramiro, Maicosuel (Pepê) e Luan; André
Técnico: Renato Gaúcho