Dourados-MS,
CMD-2

Copa do Brasil - Santos goleia o Altos em ritmo de treino e avança

Futebol
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Santos se reabilitou depois de perder para o Ituano por 5 a 1, pelo Campeonato Paulista, e goleou o Altos por 7 a 1 nesta quarta-feira, no Estádio Albertão, no Piauí. Com o resultado, o Peixe avançou para a segunda fase da Copa do Brasil.

Os gols foram marcados por Carlos Sánchez (2), Luiz Felipe, Derlis González, Alison, Soteldo e Diego Pituca. Luizão descontou para o Altos.

Na próxima fase da Copa do Brasil, o Peixe enfrentará o América-RN. A eliminatória será, mais uma vez, com jogo único, com mando do Alvinegro e decisão nos pênaltis em caso de empate.

O JOGO

O Santos sofreu um susto logo aos cinco minutos, quando Ancelmo cobrou falta na área, Sánchez furou e Luizão marcou na pequena área. O Peixe, porém, não se abalou.

O Alvinegro reagiu rápido, logo aos 11, com Luiz Felipe, e depois passeou. Ainda na primeira etapa, Derlis, Alison e Carlos Sánchez, duas vezes, marcaram.

Na segunda etapa, os visitantes mantiveram o ritmo, mas pecaram na pontaria e, em ritmo de treino, “só” fizeram mais dois, com Soteldo e Diego Pituca. No fim do jogo, o Santos administrou a goleada e o Altos torceu para o jogo acabar.

FICHA TÉCNICA
Altos 1 x 7 Santos

Data: 6 de fevereiro de 2019 (quarta-feira)
Local: Estádio Albertão, em Teresina (Piauí)
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Público e renda: 4.407/R$ 84.940,00
Cartões amarelos: ALTOS: Renato Santos

GOLS: 
SANTOS: Carlos Sánchez (2), Luiz Felipe, Derlis González, Alison, Soteldo e Diego Pituca
ALTOS: Luizão

 

ALTOS: Andrade; Caíque, Renato Santos (Netinho), Ramon Baiano e Tiaguinho; Dos Santos, Jorginho, Júnior Paraíba, Ancelmo (Wesley) e Eder Guerreiro; Luizão (Raphael Freitas).
Técnico: Leandro Campos

SANTOS: Vanderlei; Luiz Felipe, Aguilar e Gustavo Henrique; Victor Ferraz, Alison, Diego Pituca, Jean Mota (Soteldo), Carlos Sánchez (Eduardo Sasha) e Copete; Derlis González (Sandry)
Técnico: Jorge Sampaoli