Dourados-MS,
CMD-2

Mundial de Clubes - Em busca do tri mundial, Real Madrid pega o Al Ain

Futebol
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Na condição de favorito absoluto, o Real Madrid vai em busca do seu sétimo título mundial de clubes, diante do Al Ain, dos Emirados Árabes Unidos que causou a maior surpresa do torneio ao eliminar o River Plate, da Argentina, campeão da última Taça Libertadores.

O time espanhol vai para a sua terceira final seguida e promete manter a mesma seriedade apresentada na semifinal, quando derrotou o Kashima Antlers por 3 a 1. O Al Ain é o chamado livre atirador. Nas últimas entrevistas, técnico e jogadores da equipe árabe têm repetido que a equipe já atingiu seu objetivo maior e que não tem nada a perder diante de um time poderoso como o Real.

No time espanhol, o técnico Santiago Solari, que disputa seu primeiro título depois que assumiu o comando, de forma interina, após a demissão de Jules Lopetegui, tem pedido aos seus jogadores para que não olhem a camisa do adversário e o tratem da mesma forma que trataria se o adversário fosse outro clube de maior expressão internacional.

 

A intenção do treinador merengue é repetir a equipe que derrotou o Kashima na última quarta-feira, mantendo Casemiro no banco. Gareth Bale, que se tornou a maior sensação da competição, ao marcar os três gols da vitória sobre o time japonês, está garantido. Ele foi poupado durante o último jogo, saindo no início do segundo tempo porque tem um histórico de lesões e Solari não pretendia correr o risco de perder seu artilheiro para a decisão. O atacante Asêncio ainda é dúvida. Ele sofreu um desconforto muscular logo após entrar em campo e entrou em tratamento intensivo para ter condições de ficar no banco de reservas. O volante Casemiro e o atacante Vinicius Júnior também estão confirmados entre os suplentes.

O Al Ain aumentou a intensidade do treinamento logo após eliminar os Millonarios. O técnico croata Zoran Mamic tem exaltado a determinação dos seus jogadores e que a vitória sobre o time argentino mostrou que as equipes dos Emirados têm condições de proporcionar outra grande surpresa ao mundo do futebol.

Para chegar à decisão contra o Real Madrid, o time árabe eliminou, além do River Plate, o Team Wellington, da Nova Zelândia, na primeira fase, e o Espérance, da Tunísia, nas quartas de final. Um dos motivos da confiança da torcida do Al Ain repousa nos pés do atacante brasileiro Caio Lucas que nunca disputou uma partida oficial em seu país, mas que apareceu para o mundo como um atacante rápido e insinuante. Antes de chegar ao time árabe, Caio Lucas brilhou no Kashima Antlers e sua naturalização chegou a ser cogitada para que ele pudesse defender a seleção japonesa.

Pelo Al Ain, Caio Lucas já marcou 45 gols em 100 jogos e já está sendo cogitado por clubes europeus, mas Caio garante que toda a sua atenção está concentrada na decisão diante do mais vitorioso clube do mundo.

FICHA TÉCNICA
REAL MADRID-ESP x AL AIN-EAU 

Local: Estádio Xeique Zayed (Abu Dhabi)
Data: 22 de dezembro de 2018, sábado
Horário: 14h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Jair Marrufo (Estados Unidos)
Assistentes: Frank Anderson (Estados Unidos), Corey Rockwell (Estados Unidos)
Árbitro de vídeo: Danny Makkelie (Holanda)

REAL MADRID: Courtois, Carvajal, Sérgio Ramos, Varane e Marcelo; Lhorente, Toni Kroos e Modric; Lucas Vasquez, Benzema e Gareth Bale
Técnico: Santiago Solari

AL AIN: Khalid, Ahmed, Ismail, Fayez e Shiotani; Doumbia (Yahia), Barman (Amer), El Shatat e Caio Lucas; Berg (Bandar Mohammed) e Mohammed (Ryan)
Técnico: Zoran Mamic