Dourados-MS,
 Camara municipal

Atlético-MG e Santos se enfrentam no Independência

Futebol
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Atlético-MG e Santos não apresentam bom futebol e vivem momento ruim na temporada. Em busca da reação, as equipes se enfrentarão na manhã deste domingo, às 11h (de Brasília), no Estádio Independência, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A maior pressão do Galo é por atuações melhores, já que o time ocupa a quinta colocação no Brasileirão, com 27 pontos. Depois da Copa do Mundo, apenas uma vitória foi conquistada. O Peixe, além de jogar mal, está na 15ª colocação, com 18 pontos, e luta contra a zona do rebaixamento.

Para o duelo, o técnico Thiago Larghi fez mudanças na equipe atleticana. O zagueiro Leonardo Silva está com uma inflamação e não vai para a partida. Gabriel será o substituto. Maidana segue na equipe, assim como Emerson, que vai ganhar mais minutos em campo. Na esquerda, Hulk continua, já que Fábio Santos está no departamento médico.

O meio-campo será o mais alterado. O volante Matheus Galdezani perdeu a posição para Nathan, novo armador da equipe. Tomás Andrade treinou na vaga de Luan no ataque. Ricardo Oliveira enfrentará pela primeira vez seu ex-clube.

O Santos também deve fazer mudanças, mas as alterações são um mistério. O técnico Cuca não descarta preservar alguns titulares após o empate com o Ceará, na última quarta-feira, em Fortaleza. A viagem foi desgastante e o preparo físico será exigido no jogo pela manhã.

Dodô cumpriu suspensão e é presença garantida. Diego Pituca briga por posição com Renato, enquanto a camisa 9 segue sendo disputada por Gabigol e Yuri Alberto.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X SANTOS
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 12 de agosto de 2018, domingo
Horário: 11h (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo D’alonso Ferreira
Assistentes: Helton Nunes e Thiaggo Americano Labes

ATLÉTICO-MG: Victor; Emerson, Gabriel, Iago Maidana e Hulk; José Welison, Elias e Nathan; Yimmi Chará, Tomás Andrade e Ricardo Oliveira
Técnico: Thiago Larghi

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Dodô; Alison, Diego Pituca (Renato) e Carlos Sánchez (Jean Mota); Rodrygo, Bruno Henrique e Gabigol (Yuri Alberto)
Técnico: Cuca