Dourados-MS,
BANNER 1 - Camra-20-11- (1000X90)

Luiz Felipe Scolari e Cruzeiro entram e acordo e o treinador não comanda mais o time mineiro

Futebol
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

A segunda passagem de Felipão pelo Cruzeiro foi encerrada na manhã desta segunda-feira, 25 de janeiro. O clube e o treinador entraram em um acordo e rescindiram o contrato, que iria até o fim de 2022.

Scolari nem irá comandar o time na última partida da Raposa na Série B, contra o Paraná, sexta-feira, 29 de janeiro, em Cu;ritiba. O clube enviou um comunicado à imprensa sobre a saída do treinador, que chegou ao Cruzeiro em outubro, com a missão de tirar o time da zona do rebaixamento, evitar a queda para a Série C e iniciar um projeto de recuperação, que deveria ir até o fim do ano que vem.

O comandante, multicampeão, conseguiu evitar a queda do time mineiro, mas andava insatisfeito com promessas feitas e não cumpridas, principalmente a dificuldade do clube em manter em dia os salários dos atletas. Em várias entrevistas pedia mais segurança para continuar no cargo.

Nesta passagem pelo clube, foram 21 jogos, com nove vitórias, oito empates e quatro derrotas. A comissão técnica de Felipão também deixa o clube: Paulo Turra e Carlos Pracideli (auxiliares técnicos) e Anselmo Sbragia (preparador físico).

No contrato do técnico havia uma multa de R$ 10 milhões em caso de demissão. Porém, se Scolari optasse por deixar a Raposa, não haveria o pagamento de multa.