Dourados,MS
The current Bet365 opening offer for new customers is market-leading bet365 mobile app You can get a free bet right now when you open an account.

Grupo Globo surpreende o SBT e adquire direitos de Chaves e Chapolin à Televisa

Grupo Globo surpreende o SBT e adquire direitos de Chaves e Chapolin à Televisa
01/02/2018 -

Por essa o SBT não esperava. O Grupo Globo, por meio da Globosat, acaba de firmar uma parceria com a Televisa, que tem ligação com a emissora de Silvio Santos, e com o Grupo Chespirito, na compra dos direitos de exibição das séries Chaves e Chapolin. A informação é do colunista Paulo Pacheco.

De acordo com a publicação, a estreia poderá acontecer no canal pago Multishow. A Globosat convidou os fãs das séries para a sua sede, no Rio de Janeiro, e apresentou o projeto em um evento. O público, é claro, ficou surpreso com a novidade, que havia sido noticiada em primeira mão pelo Fórum Chaves.

As duas séries, que fazem parte da história do SBT, foram registradas na Ancine (Agência Nacional do Cinema), norma obrigatória para exibição na TV, e o site da agência confirmou que a empresa comprou 273 episódios de Chaves e 250 de Chapolin, além de alguns inéditos no Brasil.

Foram registrados como “First Run” 117 episódios de Chaves e 127 de Chapolin. O Multishow ainda não se manifestou oficialmente sobre o assunto e o SBT se mostrou surpreso com a informação, já que, até então, era uma das únicas empresas no Brasil detentora dos direitos.

Na TV Paga, Chaves e Chapolin já foram exibidas no TLN, canal da Televisa, e na Turner, que levava ao ar nos canais Cartoon Network, Boomerang e TBS. Atualmente, apenas o SBT exibe Chaves, que retornou à grade de programação da emissora nas manhãs de sábado.

Em 2004, durante um dos ápices de popularidade de Chaves no Brasil, a Globo tentou tirar o seriado da rival paulista oferecendo, segundo sondagens da época, cerca de US$ 1 milhão pelos direitos de transmissão, quatro vezes mais o que a emissora de Silvio Santos pagava. Entretanto, a gigante mexicana Televisa recuou do acordo por saber que a TV carioca iria colocar a série 'na geladeira', ou seja compraria apenas para tirar da concorrência.

O caminho então ficou aberto para a renovação do SBT, que superou a oferta financeira feita por Record e RedeTV, outras interessadas, e ficou com as séries do comediante Chespirito por mais 15 anos, segundo se anunciou na ocasião.

TV em Foco