The current Bet365 opening offer for new customers is market-leading bet365 mobile app You can get a free bet right now when you open an account.

MS quer ampliar em 20% o número de turistas e chegar quase a 1 milhão de visitantes por ano

MS quer ampliar em 20% o número de turistas e chegar quase a 1 milhão de visitantes por ano

Mato Grosso do Sul recebe anualmente cerca de 800 mil turistas. A meta do governo do estado é ampliar em pelo menos 20% esse público, elevando o número de visitantes para cerca de 960 mil a cada ano. A proposta foi apresentada na manhã desta quarta-feira (27) pelo secretário adjunto de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico e Agricultura Familiar (Semagro), Ricardo Sena, em entrevista ao Bom Dia MS, da TV Morena.

Para atingir essa meta, Sena ressaltou que o governo do estado vem promovendo uma série de ações como: criar um plano de marketing para fomentar o turismo na região de Campo Grande, chamado de o “Caminho dos Ipês”, que vai contemplar a capital do estado e outros dez municípios; atualização do Plano de Desenvolvimento do Turismo de Bonito e dos municípios da Serra da Bodoquena e ainda a qualificação dos gestores públicos municipais que atuam no segmento.

O secretário-adjunto comentou que com a nova classificação do Ministério do Turismo, Mato Grosso do Sul passou a contar com 47 municípios que têm potencial para receber visitantes. “Temos tanto cidades enquadradas nas classificações A, B e C, que as habilita para o turismo nacional e o internacional, quanto as classificadas como D e E, mais voltadas a indução do turismo regional”, explica.

Outra ação destacada por Sena é a da divulgação do potencial turístico do estado. “Um exemplo deste trabalho é que o estado participa em São Paulo de uma feira internacional de turismo, onde nesta quinta-feira o governador Reinaldo Azambuja vai lançar a campanha 'Visit MS', cujo foco é atrair visitantes de outros estados e estrangeiros para que eles venham conhecer o nosso estado”.

A presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagem em Mato Grosso do Sul (Abav-MS), Kassilene Vieira Carneiro, comentou que um dos grandes gargalos para ampliar o fluxo de visitantes no estado é a questão da infraestrutura. “Sabemos que o turismo depende muito da acessibilidade, então, quanto melhor a estrutura para receber o visitante, mais turistas vamos receber”, destacou.

Quando questionado sobre como facilitar o acesso do turista sul-mato-grossense e brasileiro ao Pantanal, onde levantamento indica que 70% dos visitantes são estrangeiros, Sena destacou que essa iniciativa tem de ser feita com cuidado redobrado, para assegurar a exploração de modo sustentável de todo essa potencialidade.

“Temos que ter muito cuidado para fomentar o turismo no Pantanal, levando em conta os aspectos de mercado e ambiental. Não podemos simplesmente fomentar o turismo de massa, por conta de impactar no meio ambiente, que é nossa principal riqueza”.

Por TV Morena