The current Bet365 opening offer for new customers is market-leading bet365 mobile app You can get a free bet right now when you open an account.

Palmeiras e Corinthians defendem séries invictas em Derby centenário

Palmeiras e Corinthians defendem séries invictas em Derby centenário

O primeiro confronto entre Palestra Itália e Corinthians foi travado no dia 6 de maio de 1917. Nesta quarta-feira, os rivais fazem o maior clássico de São Paulo, batizado de Derby por Thomaz Mazzoni, jornalista de A Gazeta Esportiva, pela primeira vez após um século de história.

Ex-jogador do Corinthians, fundado em 1910, Bianco marcou o primeiro gol do Palestra Itália, criado em 1914. Desde então, os dois clubes cresceram exponencialmente e, com o passar dos anos, estabeleceram a maior rivalidade de São Paulo. Partidas históricas, como as decisões dos Campeonatos Paulistas de 1954 (vencida pelo Corinthians) e 1993 (vencida pelo Palmeiras), marcaram o clássico.

Nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), Palmeiras e Corinthians prometem fazer uma partida digna dos cem anos de história do confronto. O Verdão defende uma invencibilidade de 31 jogos como mandante, atualmente a maior sequência do futebol brasileiro, enquanto o Timão protege uma série de 26 partidas sem derrotas.

 

Para o confronto, Cuca faz mistério sobre a escalação do Palmeiras. O treinador deverá contar com os retornos importantes de Guerra, Felipe Melo e Borja, mas o trio não tem presença garantida entre os titulares.

O venezuelano fez apenas dois treinamentos após um período afastado para acompanhar a recuperação do filho, que sofreu um afogamento na última quarta-feira e precisou ser internado. O Pitbull também teve o mesmo período de treinos após se recuperar de uma lesão no músculo posterior da coxa direita e, apesar de mostrar desenvoltura nos treinos, é dúvida pelos problemas físicos.

“O Guerra vive uma fase muito boa. É um jogador que tem uma dinâmica muito boa para levar nossos times para a frente, tem a qualidade do drible e ainda vem decidindo com gols. Fez falta no jogo da Libertadores, sentimos um pouco, até pelo lado emocional, já que muitos têm filho aqui. Nos alegra saber que ele está de volta com a cabeça boa, vai nos ajudar muito”, completou Tchê Tchê.do, briga por posição com Willian Bigode.

Do outro lado, o líder do Brasileiro quer manter o nível de concentração apresentado até o momento na competição. Único invicto que ainda resta no certame, o Timão vê no poder de mobilização dos atletas o seu maior trunfo para encarar a força palmeirense dentro de casa e manter a invencibilidade de 26 jogos na temporada.

“Nós temos 13 pontos de vantagem para o Palmeiras e temos de saber jogar com isso”, explicou o técnico Fábio Carille, indicando que um empate no terreno do arquirrival não seria mau negócio para o clube de Parque São Jorge. “Nós respeitamos bastante o time deles e precisamos ter uma boa atuação lá”, explicou o meia Jadson.

“Sabemos da importância dessa partida. É claro que eles querem quebrar a nossa invencibilidade, até por jogar em casa. Só que a nossa equipe está madura, entrosada, e saberá ser paciente para conseguir uma vitória lá. Temos tudo para isso”, continuou o armador, confirmado na equipe.

O Alvinegro, por sinal, terá à disposição o time considerado ideal por Fábio Carille, já que o lateral direito Fagner, suspenso contra a Ponte Preta, retoma a vaga ocupada por Léo Príncipe contra os campineiros. Pendurados, Gabriel, Rodriguinho e Jô passaram ilesos e serão parte da formação do líder.

FICHA TÉCNICA 
PALMEIRAS x CORINTHIANS 

Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 12 de julho de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS-CBF)
Assistentes: Jose Eduardo Calza e Mauricio Coelho Silva Penna (RS-CBF)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Tchê Tchê, Yerry MIna, Luan e Juninho (Egídio); Felipe Melo (Mayke), Bruno Henrique e Guerra; Dudu, Róger Guedes e Borja (Willian)
Técnico: Cuca

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô
Técnico: Fábio Carille

 

 

 

 

 

 

 

 

fonte gazeta esportiva