Dourados,MS
The current Bet365 opening offer for new customers is market-leading bet365 mobile app You can get a free bet right now when you open an account.

Por economia, Délia fará fusão de secretarias

Por economia, Délia fará fusão de secretarias
06/02/2018 -

A prefeita de Dourados, Délia Razuk (PR), vai unir secretarias até o mês que vem. A informação foi repassada pela chefe do Executivo na tarde desta terça-feira (6) durante visita realizada ao Dourados News.

A ordem, segundo ela, é economizar diante da crise econômica que afeta não só o Município, como todo o país.

Apesar da divulgação, Délia ainda não oficializou quais as pastas que serão unificadas.

“Estamos passando por período de contenção de despesas e pretendo unir duas secretarias até março, ainda estamos avaliando quais. Quando você passa por uma dificuldade muito grande, o gestor tem duas opções, ou ele reduz despesas, ou cria impostos, e isso eu não penso em fazer. Quero trabalhar com a redução de nossa máquina administrativa para atravessar mais esse ano”, contou.

Obras

Durante a visita, Délia falou sobre o início dos trabalhos em 2018 e destacou a visita realizada por ela a Brasília (DF) em janeiro, onde conseguiu articular recursos para a realização de obras no município.

Ela também relatou sobre a parceria com o governo do Estado no recapeamento das principais avenidas de Dourados – Marcelino Pires, Weimar Torres e Joaquim Teixeira Alves – e a construção de 200 casas no Guaçu.

A reforma do Aeroporto Municipal Francisco de Matos Pereira deve começar em abril e já existe, segundo ela, conversas para a entrada de uma nova empresa para operar no Município.

“O Exército já começou a trabalhar no projeto do novo aeroporto e acredito que a reforma e ampliação da pista já comece em abril. Isso vai trazer desenvolvimento para a nossa região, que abrange quase metade dos municípios do Estado e uma população próxima a 1 milhão de habitantes”, comentou.

Educação

A prefeita ainda falou sobre a Operação Volta às Aulas, desencadeada na manhã de segunda-feira (5) pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) na Semed (Secretaria Municipal de Educação) e no setor de Recursos Humanos da Secretaria de Administração, que cumpriu mandados de busca e apreensão de documentos nesses locais.

O objetivo da ação foi investigar supostas irregularidades na contratação de professores na Rede Municipal de Ensino no ano passado.

“Encaro com naturalidade [a ação], o Ministério Público é um órgão fiscalizador e se existem essas vagas puras, onde ainda não foi identificado, certamente nesse movimento ele vai aparecer e vamos resolver da melhor maneira possível”, contou.

Na próxima quinta, novos servidores – entre eles da Educação – tomam posse no CAM (Centro Administrativo Municipal) e não se descarta a efetivação de mais profissionais aprovados nos próximos meses. “Depende desse levantamento de vagas”, pontuou.

Guarda Municipal


Apesar do chamamento na Educação, os aprovados no concurso para ocupação de cargos na GMD (Guarda Municipal de Dourados) ainda precisarão aguardar por mais tempo.

No entender de Délia Razuk, o momento econômico delicado acaba afetando a efetivação.

“É uma questão completamente delicada, já que estamos com a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal) no limite. Então, como eu posso chamar e não ter dinheiro para pagar?”, contou, lembrando já existir uma ação movida por comissão de aprovados e aptos a exercer a função.

“Vai depender de negociação, inclusive no Ministério Público, que existe ação para a chamada desse concurso”.

Dourados News