Dourados,MS
The current Bet365 opening offer for new customers is market-leading bet365 mobile app You can get a free bet right now when you open an account.

Multas por excesso de velocidade sobem 129% em ano de implantação de radar

Multas por excesso de velocidade sobem 129% em ano de implantação de radar
09/01/2018 -

O total de multas por excesso de velocidade disparou no ano de efetivação de radares com limite de 50 km/h na avenida Marcelino Pires, a principal de Dourados. Foram 56.455 multas em 2017, aproximadamente 129% mais do que as 24.656 registradas em 2016. O número faz parte do balanço anual disponibilizado pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran/MS).

Se consideradas todas as infrações de trânsito registradas na cidade, foram 91.617 as multas aplicadas pelos agentes de trânsito e equipamentos fixos como radar e lombada eletrônica. Isso representa 98% mais que as 46.227 multas de 2016.

As infrações por excesso de velocidade cresceram de forma expressiva de um ano para o outro. O Detran de Mato Grosso do Sul, diferente de outros estados, não divulga a tipificação de multas, não sendo possível especificar os locais de autuações.

Mas conforme as estatísticas, somente a infração por transitar em velocidade superior a máxima permitida em até 20% registrou no ano passado 45.836 multas, quase o total de penalidades registradas em 2016, que foi de 46.227. A segunda maior infração registrada, segundo o Detran, é a mesma, porém com agravante de dirigir entre 20% até 50% da máxima permitida, que foi de 8.870 registros de multas em 2017.

Muitos motoristas ainda andam desapercebidos pela avenida Marcelino Pires e excedem a velocidade máxima de 50 km/h. Três cruzamentos (Marcelino com Presidente Vargas/ Marcelino com Hayel Bon Faker/ e Marcelino com José de Alencar) possuem radares capazes de registrar três tipos de infração: excesso de velocidade, avanço de sinal vermelho e parada sobre a faixa de pedestre. Tudo indica que foram os radares que "pegaram" os motoristas pisando fundo no acelerador, contribuindo para o crescente número de infrações de um ano para o outro.

A terceira maior infração cometida em Dourados no ano passado foi a de avançar o sinal vermelho, registrada pelo radar, totalizando 4.619 infrações, seguido da falta do uso do sinto de segurança, com 4.251 multas.

Um tipo de infração muito comum e fácil de perceber diariamente (direção e celular) multou um total de 2565 condutores, sendo 1313 por dirigir manuseando o aparelho, 939 por dirigir segurando o telefone e outros 313 dirigindo utilizando-se do telefone celular.

Radar

Os equipamentos de responsabilidade do Detran começaram a multar no final de dezembro de 2016. A multa nestes três casos vai de R$ 127 a R$ 574, sendo considerada de grave a gravíssima, dependendo da velocidade utilizada pelo condutor. Mas o condutor que furar o sinal vermelho entre 23h e 6h não será multado, desde que respeite a velocidade máxima de 50 km/h. A medida foi adotada desde que o radar entrou em funcionamento, uma forma de coibir possíveis assaltos na madrugada.

Dourados Agora